FIPE e Aslog oferecem MBA para formar especialistas em logística

O curso, com início previsto para agosto, é voltado tanto para os que já atuam nesse mercado quanto para aqueles que nele querem ingressar

Bancos japoneses ajudam BNDES a financiar projetos
Comissão votará reforma tributária na próxima semana
Arco rodoferroviário do Ceará vai custar R$ 220 milhões

Responsável pelo planejamento, organização, controle e realização de tarefas associadas à informação, armazenagem, estocagem, transporte, distribuição e até a assistência técnica de produtos e serviços, o setor de logística vem crescendo a cada dia no país. Administração pública e empresas já perceberam que investir em logística significa redução de custos e aumento de eficiência que se traduz em competitividade.

Apesar disso, e mesmo com a demanda sendo puxada pelo bom desempenho da economia, ainda existem poucos profissionais qualificados para trabalhar na área.

A constatação da necessidade de formar pessoal mais bem preparado levou à associação da FIPE com a ASLOG – Associação Brasileira de Logística para desenvolver e oferecer um MBA de Logística Empresarial e Supply Chain, com objetivo de cobrir essa lacuna existente no mercado.

O curso, com início previsto para agosto, é voltado tanto para os que já atuam nesse mercado quanto para aqueles que nele querem ingressar. O público-alvo inclui profissionais em cargo de alta direção, de nível superior (qualquer área) que ocupem cargos e exerçam funções de dirigentes, diretores, gerentes, supervisores, assessores, e interessados no aperfeiçoamento profissional e pessoal em organizações envolvidas com a gestão estratégica da cadeia de negócios e de valor.

“Observamos a necessidade de se preparar melhor diretores e alta gerência para exercer a função estratégica e tático-operacional da logística nas organizações. A infra-estrutura de logística no Brasil é péssima, à beira de um caos; precisamos formar executivos para suplantar as barreiras e ajudar a consertar a nossa infra-estrutura de transportes e armazenagem”, afirma o professor doutor Célio Placer de Almeida, um dos coordenadores do curso.

Segundo o professor, o Brasil padece hoje com a falta de planejamento, de infra-estrutura para suportar o crescimento do país, com a falta de ferrovias e portos, falta de pontos transbordo entre ferrovia, rodovia, aeroporto e hidrovia, de capacidade e modernidade de portos e aeroportos – tudo isso, sem falar no excesso de burocracia, impostos e taxas, na falta de investimentos da iniciativa privada, da corrupção e do desvio de recursos públicos.

“É preciso criar um plano plurianual de verdade, que não seja eleitoreiro, mas que sirva de paradigma para o país crescer de verdade”, diz ele.

O Brasil, segundo o professor, deveria ser cortado por ferrovias de norte a sul e de leste a oeste, fazendo interligação ferroviária com a Venezuela e a Argentina, o Atlântico e o Pacífico. Investimento nesse tipo de transporte permitiria, segundo ele, um crescimento com segurança e a custos baixos.

“A redução do ‘Custo Brasil’ passa obrigatoriamente pela construção de ferrovias e hidrovias de grande escoamento e modernidade. Não dá para dizer que faltam recursos, pois vários consórcios internacionais têm recursos para investimento nessas obras infra-estruturais”, afirma.

O MBA, que tem o objetivo de formar, desenvolver e especializar executivos das organizações em gestão estratégica de supply chain e nas diferentes áreas da logística empresarial, deverá ser lançado em mais sete capitais do país (Porto Alegre, Curitiba, Recife, Manaus, Cuiabá, Belo Horizonte e Brasília), segundo seu coordenador.

A idéia é criar uma rede nacional de apoio à logística através da parceria entre a FIPE e a Aslog.

O curso foi programado para ter uma carga horária de 400 horas, distribuídas em quatro módulos: 1. Gestão Contemporânea, Estratégia Empresarial, Processos Gerenciais e Métodos Instrumentais; 2. Gestão de Logística Empresarial Integrada; 3. Gestão de Processos em Logística Aplicada a Supply Chain; e 4. Trabalho de conclusão de curso.

As aulas serão ministradas por professores doutores e mestres de várias unidades da USP e da FIPE, além de especialistas e profissionais com vasta experiência no mercado logístico.

Saiba mais detalhes e faça sua inscrição clicando aqui.

Link para a matéria

COMMENTS