Librelato inicia entrega de suas carretas com quarto eixo

Librelato inicia entrega de suas carretas com quarto eixo

Implemento pode compor um conjunto com PBTC de até 58,5 toneladas e pode ser uma alternativa ao bitrem, com 1500 quilos a mais de carga útil

Quais foram os caminhões mais vendidos de 2020?
Tem bronca com a ANTT? Manda um “zap”
Foton lança caminhões urbanos de 6,5 e 11 toneladas no Brasil

As tão faladas carretas com quarto eixo, que permitem um Peso Bruto Total Combinado de até 58,5 toneladas, foram liberadas pela Resolução 882 do Contran e podem ser uma alternativa mais econômica aos bitrens, que podem carregar até 57 toneladas em configuração simples.

Com esses 1.500 quilos a mais de carga útil, a carreta graneleira com quarto eixo pode trazer ganhos de eficiência e redução de custos para os operadores. Segundo a Resolução 882 do Contran, é permitido que estas composições sejam tracionadas por caminhões com tração 6×2, dispensando o uso de caminhões com tração 6×4, mais caros e com operação mais custosa.

Essa economia tem gerado polêmica, já que existem especialistas que alegam que, com o peso extra e sendo tracionadas por cavalinhos mecânicos 6×2, essas composições podem apresentar menos segurança do que os conjuntos puxados por caminhões traçados, 6×4.

Novas carretas na estrada

Independente das questões técnicas, a Librelato, uma das grandes fabricantes de implementos rodoviários brasileiras, iniciou as entregas de seus implementos graneleiros de quatro eixos aos clientes. As carretas são parte integrante da linha Evolut e trazem todas as características desses produtos, como a utilização de ligas metálicas especiais, com aço de alta durabilidade e resistência com baixo peso, e o novo design da família de implementos da empresa catarinense.

Na família de graneleiros, as carretas de quatro eixos da Librelato ganharam eixos com bitola larga, com distância entre o apoio e as molas de 100mm a mais do que na versão anterior. Segundo a Librelato, eles são fabricados com chapas de diferentes tipos de aço, incluindo ligas que contêm nióbio, para maior leveza e resistência.

José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato S. A. Implementos Rodoviários

“Nesse primeiro momento, acreditamos que os implementos graneleiros, de carga seca e furgões lonados são os maiores beneficiados pelo implemento de quatro eixos, o que também pode ocorrer com os tanques e os semirreboques basculantes do tipo caçamba. Para que o transportador possa usufruir do Peso Bruto Total Combinado de 58,8 toneladas proporcionado pelo implementos de quatro eixos, ele precisa obedecer os limites de comprimento de 17,5 metros até 18,6 metros. Estamos realizando um grande treinamento em nossa equipe de vendas, já que este produto com quarto eixo é um produto que exige uma venda bastante técnica, para que o transportador possa fazer a escolha mais acertada para sua operação”, diz José Carlos Spricigo, CEO da Librelato S. A. Implementos Rodoviários.

A Librelato projeta uma participação dos implementos com quarto eixo de 8% em todas as vendas da empresa em 2022, fechando o ano com cerca de 1.200 unidades entregues. As entregas começaram em maio.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS