Operações comerciais do VLT na Baixada Santista começam a partir de 2016

Operações comerciais do VLT na Baixada Santista começam a partir de 2016

Veículo Leve Sobre Trilhos do litoral paulista entrará em operação no dia 4 de janeiro

Companhias aéreas brasileiras transportam quase 99 milhões de passageiros pagos em 2017
Movimentação nos portos brasileiros cresce 5% no 2º trimestre de 2014
Vendas de implementos rodoviários registram queda no acumulado de 2012

vlt-santos-trem

Conforme informou o presidente da EMTU (Empresa Metropolitada de Transportes Urbanos), Joaquim Lopes, na segunda-feira (14/9), as operações comerciais do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, serão iniciadas no dia 4 de janeiro de 2016, entre as estações Pinheiro Machado (Santos) e Mascarenhas de Moraes (São Vicente).

A segunda etapa do VLT, que terá mais 5,8 km de extensão entre a estação Conselheiro Nébias até o Terminal Valongo, no centro velho da cidade de Santos, está em processo de licenciamento ambiental, que teve terminar em março de 2016.

Em Santos, as estações Nossa Senhora de Lourdes e Pinheiro Machado funcionam em fase de teste. Ainda não estão prontas as estações Bernadino de Campos, Ana Costa, Washington Luiz e Conselheiro Nébias.

Ao todo, o VLT beneficiará 220 mil passageiros por dia. O primeiro trecho do empreendimento, de 11,1 quilômetros, faz ligação entre São Vicente (Barreiros) e Conselheiro Nébias (Santos) até o Porto. A segunda etapa terá 5,8 km de extensão entre a Estação Conselheiro Nébias até o Terminal Valongo, no centro velho da cidade de Santos. Os dois trechos, totalizam 16,9 km de extensão.

COMMENTS