Volvo lança linha 2015 dos caminhões F

Volvo lança linha 2015 dos caminhões F

Montadora realiza a maior atualização de sua gama de produtos desde que começou a produzir no País; inovações em sistemas de conectividade são as maiores novidades

JSL lança aplicativo para smartphone com serviços para motoristas e público em geral
Aplicativo permite desconto de 40% para quem pagar multas de trânsito antes do vencimento
Associação desenvolve aplicativo para motoristas calcularem o preço do frete

volvo-novos-dentro

A montadora Volvo decidiu ir contra a atual tendência de retração do mercado local e promoveu a maior atualização de modelos de caminhões em sua história no País. A renovação contempla a Linha F, que representa os pesados e extrapesados FH, FM e FMX.

A nova geração produzida na planta em Curitiba (PR) incorpora padrões estéticos e tecnológicos dos Volvo vendidos na Europa, e apresenta uma série de inovações úteis, como o temporizador de marcha lenta, que visa diminuir tanto o consumo de combustível como o desgaste do motor. Outra novidade é o alternador de alta eficiência, que consiste em um dispositivo que diminui o consumo de energia no caminhão, poupando-a para situações onde possa ser mais útil e adequada.

A família F também pode ser equipada com My Truck, um aplicativo para smartphone que apresenta ao transportador dados referentes ao consumo, níveis de óleo e Arla 32, por exemplo. O aplicativo é capaz de enviar um alerta caso o alarme do veículo dispare.

O FH vem com o I-See, que consiste em um sistema que reconhece e memoriza a topografia das estradas por onde o caminhão já passou, tornando a troca de marchas mais eficiente e proporcionado melhor desempenho e menor consumo de combustível. Outro sistema disponível é o já conhecido Dynafleet. Por meio dele, o transportador pode obter relatórios de desempenho que mostram o perfil do veículo e também de cada motorista.

A montadora agora passa a oferecer o FH 8×2. O cavalo-mecânico tem dois eixos direcionais e pode transportar 54,5 toneladas de PBTC (Peso Bruto Total Combinado).

A Volvo também está oferecendo de fábrica o 8×2 rígido, que pode ser acoplado a um reboque, a chamada composição Romeu & Julieta. O FH 8×2 rígido pode sair de fábrica equipado com motorização de 420cv, 460cv, 500cv, 540cv.

O FH tem uma nova cabine, um metro cúbico maior internamente, um dos diferenciais da nova edição. Os novos para-brisas são arredondados nos cantos e os espelhos retrovisores têm novo design, diminuindo em 20% a obstrução da visão do motorista. O ar condicionado e teto solar agora são itens de série.

O FMX também é oferecido também com um motor de 540cv, além das potências de 370cv, 380cv, 420cv, 460cv e 500cv. A veículo também pode sair de fábrica com as novas configurações de tração integral 4×4 ou 6×6.
O modelo tem uma nova opção de eixo para 150 toneladas de PBTC (Peso Bruto Total Combinado) e uma caixa de câmbio eletrônica I-Shift configurada para operações off-road.

O FM agora pode sair da linha de produção também com um motor de 380cv de potência, e o além do já conhecido modelo com motor de 370cv, com configurações 4×2, 6×2 e 8×2. Também está disponível um novo eixo traseiro que eleva sua capacidade de carga para 65 toneladas de PBTC.

Com esses lançamentos, a Volvo aumentou os preços dos modelos em aproximadamente 20%. Justificando o alto valor, a companhia alega que nunca foi conhecida por vender os caminhões mais baratos, mas oferece o menor custo por quilômetro rodado.

As encomendas já podem ser efetuadas, porém os primeiros caminhões devem ser entregues somente no início do ano que vem.

COMMENTS