CCR apresenta queda de 14,2% no lucro líquido do 3º trimestre de 2014

Grupo de concessionárias alcançou R$ 346,1 milhões no período de julho a setembro

CCR ViaOeste disponibiliza simulador de direção de caminhão aos usuários do Sistema Castello-Raposo
Grupo CCR registra crescimento de 24% no tráfego de veículos em 2010
Fiscalização intensiva ocorrerá em trechos da Castello Branco

raposo-duplicacao-ccr

O grupo de concessionárias CCR registrou um lucro líquido de R$ 346,1 milhões no terceiro trimestre deste ano. Resultado representa uma queda de 14,2% em relação ao mesmo período de 2013.

A receita líquida da companhia, desconsiderando o efeito contábil das receitas de construção, foi de R$ 1,45 bilhão, o que compreende a um aumento de 5,9% na comparação com um ano antes.

As receitas de pedágio foram 4,2% maiores, apesar da queda de 1,4% do tráfego consolidado contra um ano antes.

Outras receitas, como a da ViaQuatro (concessionária da linha 4-Amarela, controlada pela CCR) e a do STP (dos serviços de pagamento eletrônico de pedágio Sem Parar e Via Fácil), cresceram mais, mas representam um percentual pequeno do total.

No Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), houve um incremento de 2,4%, para R$ 951 milhões. A margem Ebitda também caiu 2,2 pontos percentuais, para 65,2%.

A CCR aplicou R$ 558,6 milhões em investimentos e manutenção no terceiro trimestre, distribuídos para a CCR Metrô Bahia, CCR AutoBAn, CCR SPVias, CCR NovaDutra, CCR MSVia, CCR RodoNorte e CCR ViaLagos.

COMMENTS