Programa de saúde da CCR AutoBAn detecta obesidade em 89% dos caminhoneiros atendidos

Informações foram coletadas no mês de março durante o serviço prestado no km 56 da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), quando 243 motoristas foram examinados

Polícia Federal apura acidente no aeroporto de Congonhas (SP)
AutoBAn inicia obras da 5ª faixa na Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí (SP)
CCR AutoBAn promoverá na Rodovia dos Bandeirantes ação de conscientização de motociclistas

caminhoneiros-obesidade

A concessionária de rodovias CCR AutoBAn, por meio do programa Estrada para a Saúde, detectou que quase 89% dos 243 caminhoneiros atendidos pelo serviço apresentou algum grau de obesidade. O percentual considera desde sobrepeso (40,74%) até obesidade de terceiro grau (4,94%). As informações foram coletadas no mês de março durante o atendimento prestado pelos profissionais de saúde do programa, desenvolvido no km 56 da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348).

Além de o transportador permanecer sentado por muitas horas ao longo do dia, fora constatado também que as refeições realizadas durante o tempo de trabalho não são balanceadas, muitas vezes apresentando alto índice de gordura ou açúcar.

“A obesidade é hoje uma epidemia mundial, e entre os caminhoneiros atendi dos no Estrada isso também é uma realidade. Além do acompanhamento com exames clínicos e laboratoriais, também estamos reforçando as orientações nutricionais, incluindo as melhores escolhas em restaurantes self-service e churrascarias. Também são dadas dicas sobre como incluir um pouco de atividade física no dia a dia”, afirma o coordenador médico da CCR AutoBAn, José Antonio Coelho Júnior.

Em outra pesquisa realizada com 723 caminhoneiros, também no mês de março, apenas 15,7% afirmaram praticar algum tipo de atividade física.

“Nunca é demais lembrar que a obesidade acarreta uma série de outras complicações, como dores nas costas e nas articulações, pressão alta e diabetes”, conclui o coordenador.

COMMENTS