Com licença do Ibama, Porto de Ilhéus (BA) sairá do papel

Com licença do Ibama, Porto de Ilhéus (BA) sairá do papel

Unidade portuária deve entrar em operação em 2017; empreendimento receberá investimentos de R$ 5,6 bilhões em 25 anos

Mercedes-Benz vende 115 caminhões para a Camargo Corrêa
Randon lança nova Retroescavadeira RD 406 Advanced em janeiro de 2012
Petrobras assina contrato para construção de terminal oceânico

ilheus-porto-construcao

O Porto Sul, instalado em Ilhéus (BA), deve começar a ser construído, após quatro anos de espera pela liberação da licença de instalação pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), que foi emitida no dia 19/9.

Serão investidos R$ 5,6 bilhões em 25 anos, e unidade portuária deve entrar em operação em 2017. Composto por uma área externa ao porto para os procedimentos aduaneiros de embarque e desembarque de cargas, de 1.224 e um píer com quebra-mar a 3,5 mil metros da costa, o porto servirá à movimentação de minério de ferro, soja, etanol, fertilizantes e granéis sólidos. O Porto Sul será integrado à Ferrovia Oeste-Leste.

Inicialmente, está prevista a construção de dois terminais. Um será operado pela companhia Bamin (Bahia Mineração) e outro por investidores privados que devem se associar ao governo baiano.

Válida por seis anos, a licença de instalação estabelece as condições, restrições e medidas de controle que o empreendedor deve observar para prevenir e minimizar a poluição e outros impactos ambientais.
Entre as condições específicas para manter a licença, os responsáveis terão que implementar 29 programas de monitoramento, adequação, prevenção e recuperação, como o monitoramento da atividade pesqueira, capacitação da mão de obra local, prevenção à exploração sexual, controle de erosão e assoreamento, bem como manter o gerenciamento de efluentes, resíduos sólidos e da qualidade do ar, entre outros.

Com informações da Agência Brasil

COMMENTS