Cresce demanda por transporte aéreo doméstico, mas cai índice de oferta

Resultado da busca pelo modal significa 11 meses consecutivos de crescimento

Boeing inicia obra de seu novo Centro de Entregas nos EUA
ANAC inaugura posto de atendimento no Aeroporto do Galeão (RJ)
Delta Airlines firma acordo para a compra de 20 aeronaves Bombardier

infraero-aeroporto-salvador

De acordo com relatório da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), A demanda por transporte aéreo doméstico de passageiros cresceu 6,1% em agosto de 2014, em comparação com o mesmo período de 2013. Resultado significa 11 meses consecutivos de crescimento, atingindo assim o seu maior nível para o mês nos últimos dez anos.

A oferta do transporte aéreo doméstico de passageiros teve decréscimo de 0,6%, no período. Com o resultado de agosto, a demanda doméstica acumulou alta de 5,7% no ano e a oferta acumulou queda de 0,4%, no mesmo período, encerrando o sétimo mês consecutivo com variação negativa.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras, Avianca destacou-se com a maior taxa de crescimento da demanda doméstica em agosto de 2014 quando comparada com o mesmo mês de 2013, da ordem de 22%. A TAM manteve-se líder na participação de mercado, com 38,8% do RPK doméstico no mês de agosto, seguida pela Gol (35,2%) e Azul (16,3%).

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos operados por empresas brasileiras foi recorde para o mês de agosto nos últimos dez anos, da ordem de 79,2%. O indicador registrou aumento de 6,8% em agosto de 2014, no comparativo com o mesmo mês do ano anterior.

O número de passageiros pagos transportados em voos domésticos em agosto de 2014 atingiu 8,0 milhões, tendo sido o maior para o mês nos últimos 10 anos, com alta de 8,2% em relação a agosto de 2013.

O índice vem registrando variação positiva há 11 meses consecutivos. No período de janeiro a agosto de 2014, a quantidade de passageiros transportados acumulou crescimento de 7,0%, em relação ao mesmo período do ano anterior. A Gol foi responsável pelo transporte de 2,95 milhões de passageiros pagos, representando 36,7% do total, seguida pela TAM, com 2,74 milhões de passageiros (34,1%).

COMMENTS