Câmaras frias de Guarulhos viabilizam logística de carga farmacêutica proveniente da Espanha

Estrutura recém-inaugurada no TECA, terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, recebeu carga farmacêutica transportada por voo charter operado pela Lufthansa Cargo no final de maio

Atividades no terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) crescem 3% em 2014
Latam transforma jato gigante de passageiros em cargueiro temporário
Terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos (SP) triplica capacidade das câmaras-frias

camara-fria-gru1

As recém-inauguradas câmaras frias do TECA, terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, administrado pela GRU Airport, deram prova de sua essencialidade para a logística integrada do terminal aéreo no final de maio, ao receber uma carga especial da Espanha.

Os 100 pallets de produtos farmacêuticos chegaram ao Brasil em um voo cargueiro charter da Lufthansa Cargo, contratado pela DHL Global Forwarding, proveniente de Madri, na Espanha, que pousou em Guarulhos em 22 de maio. A bordo, além das 10 toneladas de produtos farmacêuticos, também estava uma carga de 12 toneladas de equipamentos eletrônicos para o setor automotivo.

O voo LH 8262 foi operado pelo cargueiro MD-11 da Lufthansa Cargo, aeronave trirreator bastante utilizada em rotas de carga. O avião realizou o trajeto entre Madri e Guarulhos carregando um total de 22 toneladas em mercadorias.

voo-lufthansa-charter-cargueiro-gru

Segundo a DHL, a contratação do voo atendeu a uma demanda específica de seu cliente da indústria farmacêutica. “A vantagem para o cliente foi possibilitar a consolidação dos 100 pallets em um só voo e contar com a agilidade no descarregamento, recebimento e armazenamento nas câmaras frias do TECA”, diz comunicado da empresa.

Para a empresa, esta operação foi um passo importante para consolidar o terminal GRU Cargo no cenário internacional da logística aérea e receber novos voos cargueiros regulares. Atualmente o aeroporto de Guarulhos recebe voos de cargas da ABSA Cargo com frequências semanais entre São Paulo e Miami, nos Estados Unidos, e frequencias diárias ligando o terminal a Manaus, no Amazonas.

“A GRU Airport mostrou-se disponível e pronta a nos atender desde o inicio das negociações em janeiro deste ano. Esse suporte nos deu a confiança necessária para seguir adiante com essa importante operação, que ocorreu de forma impecável no ultimo 22 de maio. A dedicação de todos envolvidos: DHL, Lufthansa Cargo e GRU Airport foram essenciais para o sucesso desse fretamento”, diz Cristina Bishop, diretora de Produto Aéreo da DHL Global Forwarding.

COMMENTS