Mercedes-Benz lança projeto de transporte compartilhado em São Paulo

Projeto intitulado Van Comigo incentiva o uso de vans como alternativa aos automóveis para diversos tipos de eventos artísticos, culturais, esportivos e até mesmo particulares

Montadoras pararam em janeiro para adaptar fábricas ao Euro 5
Fleetboard da Mercedes-Benz vai atuar no combate ao roubo de cargas
Mercedes-Benz fornece 148 novos ônibus para São Luís (MA)

Mercedes-sprinter

A montadora Mercedes-Benz está lançando uma iniciativa inédita de mobilidade urbana na cidade de São Paulo. O projeto piloto de transporte compartilhado intitulado Van Comigo incentiva o uso de vans Sprinter como alternativa aos automóveis para diversos tipos de eventos artísticos, culturais, esportivos e até mesmo particulares.

“O objetivo principal do Van Comigo é oferecer um transporte confiável e prático que simplifique e melhore a experiência das pessoas na hora de ir a eventos”, afirma Fernanda Bordin, gerente de Inovação de Negócios da Mercedes-Benz do Brasil.

A gestão da prestação de serviços fica por conta da GeminiTur, empresa de turismo ligada à Mercedes-Benz e que possui mais de 36 anos de atuação no segmento de viagens e eventos corp orativos.Como gestora, a GeminiTur é a responsável pela contratação das empresas de transporte, exigindo a qualidade da frota de vans Sprinter e dos motoristas profissionais que conduzem os veículos.

“O Van Comigo proporciona mais segurança e conforto para que o usuário aproveite os seus momentos sociais e de lazer da melhor forma, afinal ele não terá que dirigir, nem se preocupar com a Lei Seca e com a segurança do seu carro e não precisa aguardar um táxi no fim do evento, o que nem sempre é fácil”, destaca Fernanda.

Diferentemente da tradici onal locação de veículos, no Van Comigo o usuário adquire, individualmente, o seu assento interno. Por meio do site www.vancomigo.com.br, o cliente indica o evento, localização e data de seu interesse, aguardando a ocupação mínima do transporte compartilhado. Isso tudo é acompanhado no próprio site, onde também são realizados o pagamento do serviço e a emissão do voucher.

“Como se vê, não é aluguel de veículo, mas o aluguel de lugar na van”, explica Fernanda. “É uma compra individual e intransferível, por questão de segurança, na qual o usuário diz aonde ele quer ir, ficando apenas no aguardo da confirmação do transporte e do local de partida e da volta”.

De acordo com a gerente, nessa fase piloto realizada em sua grande parte com funcionários da Mercedes-Benz, implantada em abril último, foram cadastrados 130 eventos e cerca de 500 saídas no site do Van Comigo. Foram também registrados 23.000 acessos de internautas, assim como 4.000 views no Facebook.

COMMENTS