Pavimento da Rodovia dos Bandeirantes é reconstruído com asfalto ecológico

Foram utilizados 450 mil pneus usados no revestimento de 600 quilômetros de faixas. Rodovia foi recuperada em toda sua extensão

Noma apresenta novo tanque isotérmico para o transporte de asfalto
DER-PR aplica técnica de microrrevestimento asfáltico em cinco rodovias
Somente 12% da malha rodoviária brasileira é pavimentada

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) passou por obras de reconstrução de seu pavimento no trecho entre São Paulo e Campinas, no interior do Estado. A revitalização da pista começou há dois anos e incluiu a restauração total do pavimento e de suas bases, com utilização de asfalto ecológico.

Na reconstrução do pavimento, a Artesp (Agência Reguladora do Transporte no Estado de São Paulo) e a concessionária levaram em conta a preocupação ambiental. Por isso, foram utilizados processos de reciclagem, com reaproveitamento dos materiais retirados, e revestimento asfáltico com borracha de pneus velhos.

Além dos benefícios ecológicos, o piso de asfalto borracha vai aumentar em 20% a durabilidade do pavimento e proporcionar ganhos de 15% na aderência do veículo à pista. Foram investidos nessa obra de recape ecológico R$ 90 milhões.

A revitalização cobriu toda a extensão da Bandeirantes: 600 quilômetros de faixas. Para formar o asfalto com borracha, foram utilizados 450 mil pneus (que levam até 600 anos para se decompor) e reciclados 84 mil metros cúbicos de asfalto velho, o que equivale à carga de 14 mil caminhões.

COMMENTS