Projeto autoriza uso de biodiesel puro como combustível

Uso do biodiesel puro pode diminuir em até 80% as emissões de gás carbônico e poluentes particulados em relação ao óleo diesel comum, além de fomentar o mercado de combustíveis renováveis

União Brasileira de Biodiesel garante que setor já tem produtividade para aumentar adição ao diesel
Governo estipula datas para testar mistura gradual de biocombustível ao diesel
Santos Brasil adota biodiesel de baixo enxofre em sua frota de caminhões

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 3029/11, que permite o uso de biodiesel puro como combustível automotivo em veículos de passeio e de carga com até três toneladas. Atualmente a solução é adicionada ao diesel comum, em proporções que variam de 2% a 10%.

O autor do projeto, o Deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), argumenta que, “em um momento em que todo o mundo discute alternativas para conter a emissão dos gases de efeito estufa, cabe ao Brasil, uma vez mais, oferecer sua contribuição para a solução do problema”.

Segundo Ribeiro, a alteração irá gerar uma redução de até 80% na emissão de gás carbônico e poluentes particulados em relação aos veículos movidos exclusivamente a óleo diesel.

Além disso, o deputado salienta o impulso que a medida significaria para a produção de variedades de vegetais usados como matéria-prima para o biodiesel.

O projeto terá análise conclusiva das comissões de Minas e Energia e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

COMMENTS