Mercedes-Benz desenvolve chassi de ônibus escolar para áreas rurais

Veículo atende aos requisitos do programa “Caminho da Escola” e foi criado pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da empresa no Brasil

Volvo entrega 50 ônibus para sistema de transporte de Porto Alegre (RS)
Ford Transit atinge marca de 372 unidades emplacadas em fevereiro
Scania doa chassi K 310 4×2 para o Centro Universitário da FEI

A Mercedes-Benz coloca no mercado seu novo chassi de ônibus, o modelo OF 1519 R, indicado para o transporte escolar em áreas rurais. A fabricante afirma que o veículo atende aos requisitos do programa governamental “Caminho da Escola” e todo o projeto foi desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da montadora no Brasil.

O novo chassi atende às normas do edital do Ônibus Rural Escolar (ORE), no programa do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação, e traz motorização que atende às normas de emissões Euro 5 e Proconve P7por meio da tecnologia BlueTec5, com sistema SCR, de redução catalítica seletiva, que demanda o uso do agente redutor Arla 32.

O motor tem potência de 185 cavalos a 2.200 rpm, com torque de 71,4 mkgf entre 1.200 e 1.600 rpm. “Oferecemos itens exclusivos que ampliam ainda mais o nível de conforto e segurança, assegurando a qualidade no transporte de alunos da zona rural, condição essencial dessa iniciativa de inclusão educacional do governo federal”, diz Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Por ser desenvolvido para rodar em vias sem pavimentação asfáltica e terrenos difíceis, o chassi vem equipado com barras estabilizadoras na dianteira e traseira, para dar mais estabilidade ao veículo, lonas de freio mais largas e maior robustez.
São duas versões, uma com entreeixos de 4,8 metros para ônibus convencional de 9,4 metros de comprimento com 48 assentos para alunos (ORE 2) e entreeixos de 6 metros para ônibus convencional de 11 metros com 59 assentos para alunos (ORE 3). As duas versões atuam na mesma aplicação, ficando a cargo de cada prefeitura definir o modelo de acordo com sua demanda e condições de operação.

COMMENTS