Paraná já emitiu 1,5 milhão de multas de trânsito no 1º semestre de 2011

Com 366 mil notificações, excesso de velocidade em até 20% do permitido foi a infração mais cometida

Ônibus Volvo ocupam Curitiba
Volvo testa ônibus híbrido em Curitiba (PR)
Rodovias do Paraná seguem com mais de 40 pontos de alagamento

No primeiro semestre deste ano, o Detran do Paraná registrou uma média mensal de 250 mil infrações de trânsito. No período, foram aplicadas cerca de 1,5 milhão de multas, o que equivale a 75% do total de penalidades aplicadas em todo o ano de 2010, quando foram notificados 2,1 milhões de condutores.

A infração mais comum registrada é o excesso de velocidade em até 20% do permitido. De janeiro a julho deste ano, foram 366 mil multas expedidas por este motivo, a maioria em vias urbanas. Só na capital Curitiba foram 154 mil.

“A velocidade e a distância dos outros veículos interferem no momento em que é necessário parar o carro. Normalmente o tempo de resposta do motorista, em situações de acidente inevitável, é de 0,75 segundos”, afirma o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. “Isso significa que se você dirigir a 90 quilômetros por hora precisará de 18 metros para frear seu carro antes de bater. A 120 quilômetros por hora essa distância precisa ser de 25 metros. O pior é se o motorista estiver alcoolizado, o que aumenta o tempo de resposta para dois segundos. Nestas velocidades, a distância necessária para parar o carro deve ser de 44 e 66 metros, respectivamente”, completa.

Com 161.264 notificações, estacionar em desacordo com a regulamentação foi a segunda infração mais cometida no Estado. Avançar sinal vermelho ou parada obrigatória gerou 124 mil infrações e aparece em terceiro lugar.

Também integram a lista: falta de uso do cinto de segurança (88.084 infrações); não indicar o condutor infrator (77.067); realizar conversão em local proibido (76.791); dirigir usando fones ou telefone celular (63.919); e ultrapassar sobre linha contínua (40.922).

Com informações da Agência Paraná de Notícias

COMMENTS