Ruído de motocicletas pode comprometer audição de pilotos

Estudos indicam que o ronco das motos está 10 decibéis acima do nível seguro para os ouvidos. Especialista alerta para a necessidade de proteção por parte dos motociclistas

Motos poderão ser isentas de pedágio em rodovias
Dia Nacional do Motociclista
Empresas serão obrigadas a pagar seguro de vida para motoboys

Os ruídos emitidos pelas motocicletas podem causar danos permanentes à audição dos pilotos. É o que indica um estudo realizado pelo National Institute on Deafness and Other Communication Disorders (Instituto Nacional de Surdez e Outras Doenças de Comunicação).

De acordo com o instituto norte-americano, uma motocicleta emite ruídos em torno de 95 dB (decibéis). Os especialistas afirmam que ruídos acima de 85 dB já podem causar alterações na estrutura interna do ouvido e perda permanente de audição, e o problema aumenta quanto maior o barulho e o tempo de exposição.

Esta exposição prolongada ao ronco das motos pode causar ao motociclista a PAIR, ou Perda Auditiva Induzida por Ruído. A situação se agrava quando o piloto altera o sistema de escapamento com ponteiras esportivas ou personalizadas, elevando ainda mais o nível de ruído emitido.

Esta perda de audição é cumulativa, ou seja, qualquer dano auditivo vai se somando ao longo do tempo. Portanto, mesmo que uma pessoa se exponha diariamente por um curto período a um ruído acima de 85 dB, os prejuízos na audição podem aumentar depois de alguns anos.

Para preservar a audição, é importante que os motociclistas usem um protetor de ouvido, ou atenuador de som. A fonoaudióloga Isabela Gomes, da Telex Soluções Auditivas, afirma que esta é uma proteção eficaz contra os ruídos. “Os protetores reduzem o volume excessivo. Quem usa não deixa de ouvir o som ambiente”, lembra a especialista.

A fonoaudióloga também ressalta que existem pessoas mais suscetíveis aos altos ruídos do que outras. “O ideal é consultar um especialista e fazer um exame, chamado audiometria, para detectar se já existe alguma perda auditiva e ter as orientações necessárias para prevenir ou impedir o agravamento do problema”, orienta.

Outro fator que pode agravar os problemas de audição é o uso de aparelhos de MP3 enquanto se dirige, um hábito de muitos motociclistas. “Além do barulho da moto, o piloto ainda está exposto ao barulho da música que pode atingir mais de 100 decibéis, causando danos ainda mais graves. Nesses casos, o problema pode chegar mais cedo. Por isso, a prevenção é muito importante”, alerta Gomes.

A Telex Soluções Auditivas oferece protetores auriculares feitos sob medida de acordo com a anatomia do ouvido de cada pessoa. Dois modelos são oferecidos pela empresa: o que diminui os ruídos em 15 dB, e o que reduz em 25 dB.

COMMENTS