Ônibus abastecidos com biodiesel B20 circulam nas ruas do Rio de Janeiro

Ação faz parte do Programa Experimental Biodiesel 20%, que tem como objetivo avaliar a performance e a viabilidade econômica do combustível alternativo que deverá ser usado em coletivos durante os Jogos Olímpicos de 2016

Estudo revela aspectos da utilização de óleo vegetal refinado como combustível
Veículos a diesel fabricados a partir de 2012 deverão utilizar aditivo para reduzir emissões
Fiscalização de combustíveis poderá ser obrigatória uma vez ao ano

Visando às Olimpíadas de 2016, 15 ônibus do Rio de Janeiro serão abastecidos com biodiesel B20. O Programa Experimental Biodiesel 20% tem como objetivo avaliar o desempenho e a viabilidade econômica do combustível nos veículos, procurando garantir ao COI (Comitê Olímpico Internacional) um transporte mais eficiente durante os Jogos Olímpicos. O programa é uma parceria com o Governo do Estado e o Fetranspor – Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro.

Até 2016, o Governo almeja alcançar a meta de 8.500 ônibus circulando com o biodiesel. Desta forma, a utilização do combustível alternativo pouparia a queima de 55 milhões de litros de diesel por ano e 148.000 toneladas de CO2 não emitidos por ano.

O projeto conta com o apoio da das distribuidoras de combustível Shell, Ipiranga e Petrobras Distribuidora S/A na distribuição de combustível, e da Real Auto Ônibus Viação Ideal S/A e Rodoviária A. Matias S/A com as unidades testadas.

COMMENTS