Ônibus abastecidos com biodiesel B20 circulam nas ruas do Rio de Janeiro

Ação faz parte do Programa Experimental Biodiesel 20%, que tem como objetivo avaliar a performance e a viabilidade econômica do combustível alternativo que deverá ser usado em coletivos durante os Jogos Olímpicos de 2016

Axor, da Mercedes-Benz, traz sistema de economia de combustível
Grupo de empresas investirá R$ 6 bilhões no transporte multimodal de etanol
ANP vende em leilão 460 milhões de litros de biodiesel com deságio médio de 1,48%

Visando às Olimpíadas de 2016, 15 ônibus do Rio de Janeiro serão abastecidos com biodiesel B20. O Programa Experimental Biodiesel 20% tem como objetivo avaliar o desempenho e a viabilidade econômica do combustível nos veículos, procurando garantir ao COI (Comitê Olímpico Internacional) um transporte mais eficiente durante os Jogos Olímpicos. O programa é uma parceria com o Governo do Estado e o Fetranspor – Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro.

Até 2016, o Governo almeja alcançar a meta de 8.500 ônibus circulando com o biodiesel. Desta forma, a utilização do combustível alternativo pouparia a queima de 55 milhões de litros de diesel por ano e 148.000 toneladas de CO2 não emitidos por ano.

O projeto conta com o apoio da das distribuidoras de combustível Shell, Ipiranga e Petrobras Distribuidora S/A na distribuição de combustível, e da Real Auto Ônibus Viação Ideal S/A e Rodoviária A. Matias S/A com as unidades testadas.

COMMENTS