Mercedes-Benz traz o Actros para o Brasil

Caminhões serão produzidos na planta de Juiz de Fora (MG) a partir de 2011. Montadora também fabricará os modelos Accelo na unidade mineira, aproveitando o bom momento do mercado para ampliar os negócios

2° Clube de Oportunidades da Veloce reúne 120 participantes
Penúltima etapa da 21ª Gincana do Caminhoneiro é realizada em Ananindeua, no Pará
MAN comemora dez anos de lançamento do VW 18.310 Titan Tractor

Tendo em vista o aumento de vendas de veículos de carga no mercado brasileiro, a partir de 2011, a Mercedes-Benz do Brasil passará a produzir o caminhão extrapesado Actros na unidade de Juiz de Fora (MG), onde também será produzido o caminhão leve Accelo.

O crescimento da demanda por caminhões no País permitiu à montadora anunciar a ampliação dos negócios em médio e longo prazo. “As modernas instalações da fábrica de Juiz de Fora nos encorajaram a expandir a produção de caminhões para outras instalações, considerando que a planta de São Bernardo do Campo atingirá seu limite de capacidade de produção em 2012”, diz Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes-Benz do Brasil.

Ao todo, o mercado brasileiro de caminhões cresceu 71% nos cinco primeiros meses de 2010, em relação ao ano anterior. Já na categoria de caminhões pesados houve um aumento de 95% no mesmo período. “Acreditamos que a evolução das vendas de caminhões será ainda maior, no futuro, principalmente nos segmentos de caminhões pesados e leves, que reagem rapidamente ao crescimento da economia” afirma Ziegler.

Actros

Com os mais avançados itens tecnológicos e preço na casa dos R$ 500 mil, o Actros é o caminhão top de linha da marca. Atualmente produzido na Alemanha e na Turquia, o extrapesado tem capacidade de transporte de 40 toneladas de carga e pode chegar às 74 toneladas se for equipado com rodotrem (carreta com vários eixos e conexão do tipo dolly). Um dos diferenciais do Actros é o radar de distância, que identifica a velocidade do veículo à frente e mantém distância segura. Também está incluído no sistema do veículo um alarme indicador de sonolência, que dispara quando o condutor sai da faixa da pista.

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS