Anel Rodoviário: obras começam em abril (MS)

Anúncio foi feito pelo governador do Mato Grosso do Sul André Puccinelli, dois dias após o prefeito Ari Artuzi apresentar o traçado definitivo da rodovia

Acidente grave vai cancelar carteira
Atraso no salário pára manutenção da linha férrea BAURU (SP)
Crise econômica leva Companhia Docas de Santana a rever estimativa de crescimento

As obras do Anel Rodoviário de Dourados, um dos projetos mais aguardados pela população, devem ser iniciadas já na primeira semana de abril, anunciou o governador André Puccinelli (PMDB) durante visita ao município, no sábado. Acompanhado do prefeito Ari Artuzi e de diversas lideranças políticas de Mato Grosso do Sul, o governador cumpriu uma série de compromissos em Dourados. Ele disse que a obra já foi licitada e que a ordem de serviço deve ser assinada no próximo mês.

O anúncio do início da execução do projeto foi feito dois dias depois de a prefeitura ter apresentado o traçado definitivo do Anel Rodoviário, com a conclusão dos processos de desapropriação das áreas particulares por onde vai passar a rodovia. Considerada a obra mais importante para Dourados, o Anel vai desviar o tráfego pesado de caminhões e carretas do perímetro urbano, o que consequentemente irá garantir a manutenção da malha asfáltica por mais tempo, além de reduzir sensivelmente o índice de acidentes.

Para que o projeto reivindicado há anos pela comunidade douradense fosse viabilizado, o prefeito Ari Artuzi buscou o apoio do governo do Estado, que assegurou a execução da obra desde que o município se responsabilizasse em fazer as desapropriações.

O prefeito disse ao governador que Dourados cumpriu direito a sua lição e que agora caberia ao Estado construir a obra que a população apontou como prioridade.

Puccinelli respondeu às declarações de Artuzi confirmando a execução do projeto. “Concluímos a licitação, já temos a empresa vencedora do processo licitatório. Na primeira semana agora de abril vamos assinar a ordem de serviço para dar início à obra”, afirmou o governador.

Como um dos maiores incentivadores do projeto do Anel Rodoviário, o prefeito Ari Artuzi ficou feliz pelo fato de o governo do Estado ter atendido a reivindicação da população de Dourados e por ter ajudado a administração municipal a concretizar esse importante projeto para a cidade.

“Esse não era apenas um desejo meu, mas de todo o povo de Dourados que sabe a importância que uma obra como essa representa para nossa cidade. As carretas e os caminhões não vão mais circular dentro da cidade. Não vamos mais precisar ficar gastando tanto com recapeamento. O asfalto vai durar mais. Mas disso tudo o que mais importa é que vamos salvar vidas”, afirmou Artuzi.

Compromissos
A agenda do governador em Dourados cumpriu diversos compromissos, boa parte deles resultado de parceria com a prefeitura. Na aldeia Bororó, por exemplo, Andre Puccinelli e Ari Artuzi coordenaram a solenidade de entrega das chaves de 50 casas populares subsidiadas pelo governo do Estado. Também foi feita a entrega de 1.298 cestas de alimentos, adquiridas com recursos estaduais e entregues às famílias indígenas.

Puccinelli aproveitou para garantir aos índios, que vai ajudar a prefeitura a melhorar as condições das estradas das aldeias Bororó e Jaguapiru. As obras de patrolamento e cascalhamento já tinham sido iniciadas em 2009 por determinação do prefeito Ari Artuzi, mas precisaram ser suspensas pelo município, por determinação do Ministério Público Federal (MPF) e intervenção da Funai.

A comunidade indígena chegou a se manifestar a favor da administração municipal, já que as obras eram em benefício de inúmeras famílias que sofrem com as más condições de tráfego da Reserva de Dourados, mas a Funai não atendeu ao pedido dos índios.

Da aldeia Bororo, a comitiva do governador seguiu para o Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão, o Jorjão, no Jardim Água Boa, onde foram entregues os cartões de crédito do Vale Renda às mais de três mil famílias de Dourados beneficiárias do programa social do governo do Estado.

O governador, o prefeito, o vice-governador Murilo Zauith (DEM), os deputados federais Marçal Filho (PMDB), Waldemir Moka (PMDB), Geraldo Resende (PMDB), o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) e os vereadores Julio Artuzi (PRB), Sidlei Alves (DEM), Edvaldo Moreira (PDT), Delia Razuk (PMDB), José Carlos Cimatti (PSB) e Marcelo Barros (DEM) cumpriram mais compromissos em Dourados.

As autoridades políticas participaram ainda da solenidade, na Vila Industrial, de entrega da reforma do prédio do Hemocentro Regional de Dourados e do repasse de novos veículos às cidades do interior.

A visita do governador ao município foi encerrada no CTG (Centro de Tradições Gaúchas), com a assinatura de um convênio para construção de 300 unidades habitacionais destinadas às famílias de assentamentos de várias cidades de Mato Grosso do Sul.

Link para a matéria original

COMMENTS