JadLog quer crescer na logística reversa

Segmento é responsável atualmente por 10% das operações da empresa, que quer aumentar sua participação, principalmente no atendimento a fabricantes de eletro-eletrônicos

Lufthansa Cargo terá frequência Frankfurt – Manaus
Direct Express aposta no Dia dos Namorados para aumento no número de entregas
Conheça os detalhes do Trecho Sul do Rodoanel

A JadLog, uma das grandes brasileiras no transporte de cargas expressas e encomendas, quer aumentar sua atuação no segmento de logística reversa. Hoje, a companhia concentra 10% de suas operações neste segmento, atendendo a grandes fabricantes de eletro-eletrônicos, como LG, Lexmark e B2W.

Nestas operações, a transportadora cuida da retirada e consolidação de produtos com problemas e necessidade de assistência técnica, os chamados DOA e RMA, nas siglas em inglês Return Merchandise Autthorization (Autorização de Retorno de Mercadoria) e Dead On Arrive (equipamentos com defeito na chegada à casa do consumidor).

No atendimento de clientes de e-commerce, como a B2W (Americanas.com, Submarino e Shoptime) e Saraiva.com, a empresa também faz esse tipo de operação reversa, bem como com a área de reposição de peças automotivas. Em 2009, foram no total 40.000 encomendas reversas transportadas pela JadLog, que retornaram aos seus fabricantes ou revendedores.

De acordo com o Conselho de Logística Reversa do Brasil (CLRB), entidade das mais representativas do setor, a logística reversa cresce em função do aumento da quantidade de produtos, de novos e variados produtos, da redução do ciclo de vida desses produtos, de estratégias de supply chain, de legislações e em função da crescente adoção da certificação de qualidade ISO 14000.

“Sabemos que a logística reversa é muito importante para as indústrias, o comércio, as empresas prestadoras serviços e também as entidades, e que futuramente as exigências da sociedade e de leis ambientais e de consumidor devam incrementar ainda mais esse negócio. Assim, pretendemos aumentar nossa participação, aproveitando nossa capilaridade de franquias e filiais”, afirma o diretor da JadLog, Ronan Hudson.

Por: Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS