Mantega reitera que isenção do IPI na compra de carros só vai até o fim do mês

“Não existe decisão em relação ao IPI. A isenção está mantida até 31 de março. Portanto, quem quiser comprar o carro, não perca a oportunidade”, disse Mantega

Movimentação no Pecém tem incremento de 100%
Rodovias necessitam de R$ 183 bilhões em investimentos
Governo do Paraná garante obras de recuperação do aeroporto de Goioerê

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, reiterou hoje (4) que a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para determinados tipos de automóveis só vigorará até o final do mês. Segundo ele, o governo ainda não decidiu se prorrogará a desoneração.

“Não existe decisão em relação ao IPI. A isenção está mantida até 31 de março. Portanto, quem quiser comprar o carro, não perca a oportunidade”, disse o ministro, antes de iniciar uma reunião com senadores Aloizio Mercadante (PT-SP), Francisco Dornelles (PP-RJ), Marco Maciel (DEM-PE), Pedro Simon (PMDB-RS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), integrantes da comissão que analisa a crise econômica.

O ministro negou, ainda, que o governo pretenda diminuir a meta de superávit primário do setor público, de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2,8%. Essa redução seria provocada pela queda na arrecadação federal.

“Qualquer redução no superávit primário não passa de mera especulação. Por enquanto, vamos com os parâmetros atuais”, disse o ministro.

Mantega também anunciou que, no próximo dia 20, apresentará o novo formato das contas públicas. A divulgação será feita junto com a formalização do contingenciamento de R$ 37 bilhões no Orçamento Geral da União para 2009.

Link para a matéria

COMMENTS