ALL consolida operação automotiva no Mercosul

Com o início da operação LineHall para a GM e Renault, a ALL atinge 750 carregamentos/mês e cria unidade Rodoviário Mercosul para atender América Latina

Vale aceita reduzir preço em 10%, diz associação chinesa
Roubo de cargas em SP cresce no 1º semestre de 2014
Caravana da Volvo promove test-drive de caminhões em 12 Estados

A ALL atingiu o recorde de 750 carregamentos/mês na operação rodoviária automotiva no Mercosul.

O volume é 3 vezes superior ao realizado em 2005, quando a companhia reestruturou sua unidade rodoviária e focou em operações de maior rentabilidade, como as dedicadas ao cliente.

O crescimento foi possível devido ao maior volume movimentado para a GM, que passou de 40 carregamentos em dezembro de 2007 para 300 carregamentos em dezembro de 2008. Além da GM, a ALL realiza milk run e transferência de peças automotivas entre as fábricas do MERCOSUL para Scania, Renault e Saint Gobain Sekurit.

“Com a nova estratégia, foi possível segmentar a estrutura e atingir um nível de serviço que permite buscar novos negócios. Hoje estamos posicionados como um dos principais players do setor e pretendemos triplicar a operação nos próximos três anos, não somente focados em cargas no setor automotivo e sim em todos os setores do Mercosul. Temos espaço para crescer e temos uma base sólida para investimentos que nos permitem continuar crescendo mesmo ao meio de toda crise”, afirma Gabriel de Lima Salgado, Gerente da Unidade Rodoviária Automotiva da ALL.

Estrutura Consolidada

Hoje o negócio rodoviário está dividido em unidades dedicadas para o cliente nos estados de SP, SC, RS e PR e, na Argentina, em Buenos Aires, Córdoba, Rosário e Tucuman. Atualmente, a ALL atende clientes como White Martins, Braskem, Unilever, AmBev, Saint Gobain.

A ALL possui também escritórios em São Paulo e Curitiba, para captação de novos clientes.

COMMENTS