Via Dutra terá novos radares fixos a partir de 1º de dezembro

Confira os pontos em que os radares ficarão localizados e as velocidades máximas permitidas para cada tipo de veículo

Autorizado início das obras do complexo viário de Itaquera na zona leste de São Paulo
Volvo registra aumento na venda de seminovos pela internet
Atraso na aprovação de licenças adia obras da ferrovia Norte-Sul

A NovaDutra, concessionária que administra a rodovia Presidente Dutra, começará a operar um novo sistema de radares fixos para fiscalização eletrônica de velocidade na via a partir do dia 1º de dezembro. Confira abaixo os pontos em que os radares ficarão localizados e as velocidades máximas permitidas para cada tipo de veículo:

No trecho Paulista

Km 226,0 – Pista Marginal SP-Rio (Guarulhos) – velocidade máxima de 90 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 224,3 – Pista Expressa SP-Rio (Guarulhos) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus; Km 224,3 – Pista Expressa Rio-SP (Guarulhos) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus;

Km 224,3 – Pista Marginal Rio-SP (Guarulhos) – velocidade máxima de 90 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 219,6 – Pista Marginal SP-Rio (Guarulhos) – velocidade máxima de 90 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 192,8 – Pista SP-Rio (Arujá) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus;

Km 146,8 – Pista SP-Rio (São José dos Campos) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 143,5 – Pista Rio-SP (São José dos Campos) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus;

Km 130,5 – Pista Rio-SP (Caçapava) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus;

Km 22,3 – Pista SP-Rio (Lavrinhas) – velocidade máxima de 80 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos.

No trecho Fluminense

Km 228,1 – Pista Rio-SP (Piraí) – velocidade máxima de 80 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motocicletas;

Km 227,1- Pista SP-Rio (Serra das Araras) – velocidade máxima de 40 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 224,9 – Pista SP-Rio (Serra das Araras) – velocidade máxima de 40 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 222,8 – Pista SP-Rio (Serra das Araras) – velocidade máxima de 40 km/h para autos, caminhões, ônibus,utilitários e motos;

Km 220,8 – Pista SP-Rio (Serra das Araras) – velocidade máxima de 40 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 219,8 – Pista Rio-SP (Serra das Araras) – velocidade máxima de 80 km/h para autos, caminhões, ônibus, utilitários e motos;

Km 185,0 – Pista SP-Rio (Nova Iguaçu) – velocidade máxima de 110 km/h para autos, utilitários e motos e 90 km/h para caminhões e ônibus;

Km 185,0 – Pista Rio-SP (Nova Iguaçu) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 179,6 – Pista Rio-SP (Nova Iguaçu) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 179,6 – Pista SP-Rio (Nova Iguaçu) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 176,2 – Pista Expressa SP-Rio (Nova Iguaçu) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 174,5 – Pista Rio-SP (Belford Roxo) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 174,5 – Pista SP-Rio (Belford Roxo) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 165,4 – Pista Expressa SP-RIO (Pavuna) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus;

Km 165,4 – Pista Expressa Rio-SP (Pavuna) – velocidade máxima de 100 km/h para autos, utilitários e motos e 80 km/h para caminhões e ônibus.

A implantação de radares fixos tem como origem um estudo técnico realizado pela NovaDutra e aprovado pela ANTT, atendendo à legislação vigente. O projeto integra um conjunto de obras e serviços a serem implementados em 2008 e definidos em conjunto entre a NovaDutra e a ANTT, com o objetivo de oferecer maior segurança rodoviária à Dutra e coibir a prática do excesso de velocidade.

COMMENTS