Entrevista com Geraldo Alckmin

Entrevista exclusiva ao Portal Transporta Brasil. Da série de entrevistas realizada pelo Portal com os candidatos à prefeitura de São Paulo, com perguntas sobre os temas transporte, logística e mobilidade urbana

Fábrica de pneus da Sumitomo no Paraná valoriza as estruturas logísticas
“Frota ‘pirata’ é o verdadeiro vilão do trânsito de São Paulo”
Prefeito de Nova Iguaçu (RJ) fala sobre a restrição aos caminhões na Via Dutra

Geraldo Alckmin, do PSDB

Portal Transporta Brasil: Caso seja eleito, o senhor irá manter as restrições aos caminhões na cidade?

Geraldo Alckmin: Vamos disciplinar a circulação de caminhões, sem prejudicar as atividades produtivas.

Portal Transporta Brasil: Que medidas podem ser tomadas contra a “frota pirata” da cidade de São Paulo, que são os veículos que não pagam IPVA, multas e licenciamento e circulam impunes?

Geraldo Alckmin: Fiscalização rigorosa e medidas preventivas para dificultar a ação dos responsáveis pela frota pirata.

Portal Transporta Brasil: O senhor é favorável ao pedágio urbano, solução que se mostrou eficaz em algumas grandes cidades do mundo?

Geraldo Alckmin: Sou contra. Antes de analisarmos a questão, São Paulo precisa oferecer transporte público de qualidade à população. O poder público tem falhado nisso. Não é razoável que agora passe a conta para a população, criando mais um imposto. Vamos investir em corredores de ônibus e, em parceria com o Governo do Estado, no Metrô. Se for eleito prefeito, posso assegurar que não teremos pedágio urbano durante o meu governo.

Portal Transporta Brasil: Qual seria a política de uma eventual gestão sua em relação à logística na cidade, criação de Centros de Distribuição e terminais de cargas?

Geraldo Alckmin: Nosso objetivo é melhorar o fluxo de cargas em toda a malha urbana, incluindo as marginais. A população deve entender que transporte de carga, assim como o de passageiros, também é um meio coletivo de deslocamento, pois os produtos se destinam à coletividade. Daremos, portanto, atenção aos caminhões ao criar formas próprias para o seu deslocamento, carga e descarga. Vamos implantar Centros de Distribuição de Cargas, que devem levar em conta as especificidades das muitas cidades existentes dentro de São Paulo.

Portal Transporta Brasil: A ampliação do viário urbano em São Paulo é urgente para que o trânsito não sature em curto prazo. Que propostas de obras sua campanha tem para a cidade?

Geraldo Alckmin: O trânsito deve ser tratado sob a perspectiva do planejamento urbano. Para melhorar o trânsito, temos que priorizar o transporte coletivo, oferecendo um serviço de qualidade à população. Temos que nvestir recursos municipais para, em parceria com o Governo do Estado, ampliar a linha 5 de Santo Amaro até a estação Chácara Klabin, na linha 2, e fazer a linha 7, ligando a Freguesia do Ó à estação São Joaquim, na linha 1, e depois à Vila Prudente. Priorizaremos a construção de corredores de ônibus que darão rapidez aos coletivos. A CET e a SPTrans vão receber investimentos em tecnologia e recursos humanos. Semáforos inteligentes entrarão no lugar dos semáforos mecânicos. Regulamentação da circulação de caminhões, sem prejudicar a economia da cidade. Faremos obras de engenharia de tráfego que acabem com gargalos e abram novas passagens no trânsito. Em parceria com a iniciativa privada, vamos fazer estacionamentos subterrâneos para tirar os carros da superfície. Motos-faixas, para evitar acidentes de trânsito. Medidas de segurança para proteger os pedestres. E ciclovias para oferecer transporte alternativo e limpo. Em relação aos corredores de ônibus, vamos modernizar os existentes, com faixas de ultrapassagem para os ônibus não ficarem em comboio, e instalaremos paradas maiores, com vários pontos. Isso dará agilidade aos embarques e desembarques. E vamos construir novos corredores de ônibus, para oferecer alternativas de qualidade à população. Os atuais terminais de ônibus serão reformados e novos terminais serão construídos, para facilitar a chegada de ônibus alimentadores vindos dos bairros. Os passageiros seguirão para bairros da área central em ônibus modernos, com transmissão automática, suspensão a ar e ar condicionado, por corredores seguros e rápidos. Os ônibus terão prioridade. Vamos oferecer transporte coletivo de qualidade.

Voltar para o índice

COMMENTS