Nova carreta graneleira da Guerra deve chegar ao mercado em setembro

Nova carreta graneleira da Guerra deve chegar ao mercado em setembro

Implemento rodoviário é o primeiro produto da volta da marca Guerra ao mercado, impulsionada pela atuação da Rodofort. Fábrica de Caxias do Sul (RS) está em bom estado

Raízen vai produzir açúcar e etanol com a ajuda de 210 caminhões Volvo
Foton fortalece rede de concessionárias e promete caminhões mais pesados
Plantão Covid-19 – episódio 36 – Novidades no mercado: lançamento caminhão Foton a gás

Depois de quatro anos de paralisação, a Guerra finalmente vai voltar a fabricar implementos rodoviários em Caixas do Sul (RS). Segundo a Rodofort, empresa paulista que comprou a marca para sua retomada no mercado brasileiro, o maquinário da fábrica gaúcha está em boas condições para voltar a produzir e a primeira carreta com a marca Guerra a ser fabricada será uma graneleira, que deve chegar ao mercado em setembro deste ano.

O semirreboque graneleiro da Guerra será fabricado com a equipe de 30 pessoas que trabalha na fábrica da empresa no Sul e a estimativa é chegar a 100 funcionários com a reativação da produção. “O cronograma de reativação estão caminhando dentro do previsto e em breve os produtos da Guerra estarão novamente rodando pelo Brasil afora”, afirma Alves Pereira, diretor-geral da Rodofort.

Aquisição

A Guerra foi comprada em leilão por R$ 90 milhões pelo grupo da Rodofort, que vai investir mais R$ 10 milhões para que a empresa volte a operar. O aporte inclui manutenção de máquinas, compra de matérias-primas e contratação e treinamento de pessoal.

A marca Guerra vai trabalhar no mercado em sinergia e complementação à linha da Rodofort e será responsável pela fabricação da linha pesada, com carregas basculantes, tanques e graneleiras. A Rodofort vai complementar o portfólio de produtos fabricando carregas sider, baús, porta-contêineres e florestais em Sumaré (SP). As duas marcas preveem distribuir 2.350 unidades de implementos este ano, 250 da Guerra e 2.100 da Rodofort.

“Quando a produção for reiniciada estaremos trazendo de volta ao setor de transporte uma das marcas mais emblemáticas de sua história. Para todos nós é motivo de muito orgulho participar do trabalho de retorno ao mercado da Guerra”, diz Alves Pereira.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS