Sprinter é caminhão, sim senhor!

Sprinter é caminhão, sim senhor!

Mercedes-Benz reposiciona sua linha de comerciais leves e rebatiza a Sprinter chassi cabine de Sprinter Truck para acelerar as vendas

Scania vende primeiro caminhão 100% movido a GNV da Fenatran
Delivery médio já emplaca na coleta de resíduos
Delivery elétrico completa dois anos e 35 mil km de testes

A Mercedes-Benz acaba de fazer um reposicionamento nos rumos da Sprinter, sua linha de leves que conquistou o mercado brasileiro há mais de 25 anos. Com a nova estratégia da fabricante, que monta os comerciais leves na Argentina, a família das versões chassi cabine agora passa a se chamar Sprinter Truck.

Sprinter é caminhão

“Os clientes da Sprinter Chassi já chamavam o produto de caminhão e nós, como marca, para evidenciar ainda mais os aspectos de resistência que sempre estiveram presentes no produto, posicionamos o veículo como Sprinter Truck para mostrar que oferecemos a melhor opção para o transporte de carga entre 3,5 e 5 toneladas”, comenta Jefferson Ferrarez, presidente e CEO Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

Versátil, durável e confortável para o motorista, a Sprinter Truck traz facilidade de implementação para diversas aplicações, desde food truck até motorhome ou baú refrigerado. Sua carga útil máxima é de 1.620 kg na versão Street (3,5 ton) e 2.220 kg na linha de 4 toneladas.

E a Sprinter do mercado brasileiro vem com todas as siglas de tecnologia e segurança, com gerenciamento de frenagem por meio eletrônico, assistente para evitar tombamento e até sistema de frenagem ativa, o ABA, que vem de série e consegue detectar os objetos à frente da Sprinter e frear sozinho para evitar colisões.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS