VLI investe R$ 300 mi na Ferrovia Norte Sul

VLI investe R$ 300 mi na Ferrovia Norte Sul

Empresa vai reformar mais de um terço de sua malha na Ferrovia Norte Sul, entre o Tocantins e o Maranhão, além de comprar novos vagões e novas locomotivas

Renault é a primeira a conectar os leves
Anteo é a nova marca de pneus da Prometeon
Um ano depois da greve, diesel está 5% mais caro para o caminhoneiro

O transporte ferroviário no Brasil segue recebendo investimentos privados. A VLI, gigante operadora especialista na intermodalidade, anunciou o investimento de R$ 300 milhões para a renovação de cerca de 250 quilômetros de trilhos no tramo norte da Ferrovia Norte Sul, entre Porto Nacional, em Tocantins, e Açailândia, no Maranhão.

Renovação importante

Os trabalhos envolvem a troca dos trilhos e os investimentos também serão destinados à compra de 247 novos vagões e três locomotivas: 80 deles entregues ano passado, junto com as locomotivas, e o restante com previsão para entrar em operação nos próximos meses.

Com o investimento, a VLI será capaz de operar com maior agilidade e volume no transporte de grãos, aumentando sua eficiência. De acordo com a operadora, as cargas têm origem nas fazendas do interior do Brasil, passam pelos terminais de Porto Nacional e Palmeirante, em Tocantins, e seguem de trem até Porto do Itaqui, em São Luís, no Maranhão.

Para o gerente-geral do Corredor Centro-Norte da VLI, Daniel Schaffazick, os investimentos aumentam a confiabilidade no trecho: “Com isso, mantemos um sistema apto a contribuir cada vez mais com o escoamento de grãos pelo Arco Norte”, diz o executivo.

Mais trens na frota

A compra de novas locomotivas e vagões para o tramo norte da Ferrovia Norte Sul, com a entrega previsa de 247 unidades, faz com que a o total de vagões na ferrovia chegue a três mil. Destes, o mais utilizado, segundo a VLI, é do tipo “hopper”, que contam com um sistema de descarga em forma de funis na parte de baixo de sua plataforma, ideal para o transporte de granéis em geral.

Segundo a VLI, a empresa movimentou em sua malha ferroviária em 2019 um total de 7,9 milhões de toneladas de grãos (milho, soja e farelo) – um crescimento de 25% se comparado ao ano anterior, quando foram transportados 6,3 milhões de toneladas. Somando os outros produtos (combustíveis, celuloses, ferro gusa, manganês etc.) a VLI transportou mais de 11 milhões de toneladas de produtos na região.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS