Scania anuncia primeiro ônibus a gás para fretamento do Brasil

Scania anuncia primeiro ônibus a gás para fretamento do Brasil

Iniciativa tem a participação da Gerdau, da operadora Turis Silva e da Marcopolo. Ônibus vai rodar cerca de 190 quilômetros por dia em um trecho rodoviário curto no Rio Grande do Sul

Plantão Covid-19 – episódio 32 – A visão do cooperativismo: MundoCoop
PACCAR Parts expande portfólio
Volvo também vende peças na web

O primeiro ônibus rodoviário para fretamento movido a gás do Brasil é do Rio Grande do Sul. E é fabricado no Brasil pela Scania. Depois da prova de conceito com seus caminhões a gás e do sucesso nas operações e no interesse dos clientes nesta tecnologia, a Scania dá um novo passo rumo ao transporte sustentável e traz o motor Ciclo Otto movido a gás também para o transporte de passageiros.

Operações no Sul

O ônibus é um Scania K 320 4×2 com motor traseiro e 320 cavalos de potência. O combustível: 100% gás e biometano. Ou a mistura dos dois. Ele tem oito cilindros de gás na lateral dianteira com uma autonomia de 300 km. Segundo a Scania, e de acordo com o que já foi constatado nos caminhões a gás, o modelo de ônibus a gás da marca tem desempenho similar ao do veículo movido a diesel. Além disso, a Scania atesta que a tecnologia é segura e informou que os tanques são revestidos com material especial ultra reforçado para garantir que não haja qualquer acidente por causa da alta pressão, seja em movimento ou durante o abastecimento.

Ele vai ser operado pela Turis Silva para transportar trabalhadores da usina de aços especiais da Gerdau entre a planta, em Charqueadas, e localidades na região metropolitana de Porto Alegre. Segundo a Turis Silva, a rota foi pensada para que haja sempre alternativas de abastecimento e o ônibus vai rodar um total de 190 quilômetros por dia em território gaúcho.

“A Gerdau nos procurou há dois anos para colocar na frota alternativas sustentáveis. Este momento, enfim, chegou. Estamos muito animados e emocionados para esta pioneira operação. Não dará mais para continuar tendo o diesel como matriz única. Cresce a cada dia os pedidos de contratantes para termos produtos mais verdes, e a sustentabilidade é um caminho sem volta. Tenho convicção que será o primeiro de muitos ônibus a gás para o fretamento”, diz Jaime Silva, fundador e dono da Turis Silva Transportes.

Carroceria Paradiso

Segundo a Scania, a carroceria escolhida para o projeto pela Marcopolo foi a Paradiso New G7 1050. Este modelo tem acesso à internet, TV digital a bordo, poltronas semileito, sistema de monitoramento por câmeras, tomadas USB individuais, sistema de ar-condicionado e monitores no salão de passageiros.

Para fazer frente às necessidades dos tempos de crise do vírus, o interior do ônibus tem as soluções da plataforma Marcopolo BioSafe, como sanitário e sistema de ar-condicionado com lâmpadas UV-C para desinfecção dos ambientes; cortinas com material antimicrobianas, e dispenser de álcool em gel na entrada da escada de acesso. A capacidade é para transportar 44 passageiros.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS