VW Deliverys brasileiros invadem o Paraguai

VW Deliverys brasileiros invadem o Paraguai

Volkswagen realiza a venda de 126 unidades para o transporte de bebidas no país vizinho. Eles estão operados pela Fadel, transportadora brasileira

Implementos em ritmo de recuperação
Mercedes-Benz amplia seu mercado de chassis de ônibus no Vietnã
CNH Industrial investe em matrizes alternativas de energia

A Volkswagen Caminhões e Ônibus acaba de fazer uma entrega grande para o mercado de transportes do Paraguai. A empresa vendeu 126 unidades do caminhão VW Delivery 13.180 para a Fadel Transportes, companhia brasileira que opera o transporte de bebidas no país vizinho.

O negócio foi fechado por meio da Diesa, importadora oficial da VW Caminhões e Ônibus no Paraguai, incluindo contrato especial de manutenção. “Os clientes deste segmento são bastante exigentes em relação a metas relacionadas à sustentabilidade e TCO, ou custo total de operação, na tradução. Por isso, sermos referência nessas entregas é um compromisso em todos os mercados da VW Caminhões e Ônibus”, comenta Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da VW Caminhões e Ônibus.

Hegemonia nas bebidas

Em 2019 a empresa vendeu mais de 1.500 modelos especificamente destinados à distribuição de bebidas em toda a América Latina. As negociações envolveram todo o portfólio, desde o VW Delivery, Constellation até o extrapesado MAN TGX. A posição de destaque no segmento remonta à aposta sob medida da fabricante, que foi a primeira a desenvolver veículos vocacionais para a distribuição de bebidas, fato que a mantém sempre à frente. Além de veículos sob medida, a fabricante inova no pós-vendas, com contratos de manutenção específicos para a aplicação, aliados para proporcionar o melhor TCO.

Queridinhos do mercado

O modelo Delivery 13.180 tem sido bem aceito no transporte de bebidas e distribuição urbana de mercadorias devido à sua versatilidade e por comportar seis pallets, com peso bruto total de 13,2 toneladas. Ele atende à lei do VUC (Veículo Urbana de Cargas), por ter menos de 7,2 metros entre para-choques.

O motor é Cummins, modelo ISF de 1,8 litros que usa Arla 32 e tem 175 cavalos de potência, desenvolvendo um torque de 600 Nm. O caminhão tem transmissão manual de seis velocidades.

Continue acompanhando as notícias do transporte e da indústria aqui na Agência Transporta Brasil! Assista às nossas transmissões ao vivo, de segunda a sexta, em dois horários: 15h30 e 18h30 (horário de Brasília).

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS