Setor de transporte contrata mais em 2018

Setor de transporte contrata mais em 2018

SEST SENAT inaugura duas unidades no Rio Grande do Sul
Número de empresas do TRC cai 29% de 2015 para 2016
Projeto quer financiar CNH dos mais pobres com dinheiro de multas de trânsito

Número de vagas melhorou de janeiro a setembro, principalmente no transporte rodoviário

No primeiro semestre deste ano, o setor de transporte, armazenagem e correio gerou 24,7 mil postos de trabalho com carteira assinada. O transporte terrestre respondeu pela maior parte das contratações: 23,7 mil, número sete vezes maior do que no mesmo período do ano passado, quando foram criados 3,2 mil empregos.

A maior parcela (94,9%) das novas vagas foi aberta em empresas de transporte rodoviário. Os dados estão na nova edição do Conjuntura do Transporte, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) na última quarta-feira (26), que analisa o desempenho do setor no período de janeiro a junho de 2018.

“O aumento do trabalho formal na atividade de transporte é um indicador de que o setor acredita na manutenção do crescimento da economia do país e, consequentemente, na elevação da procura pelo serviço”, avalia a CNT.

Ainda segundo dados analisados no boletim da Confederação, o PIB (Produto Interno Bruto) do setor de transporte, armazenagem e correio teve alta de 1,9% no primeiro semestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2017.

COMMENTS