Placas no padrão Mercosul deverão ser aplicadas em veículos brasileiros a partir de setembro

Placas no padrão Mercosul deverão ser aplicadas em veículos brasileiros a partir de setembro

Brasil poderá ter safra recorde de grãos, com 241,3 milhões de toneladas
Os astros de fevereiro
Tudo azul nas terras do Tio Sam, mas depende da NAFTA

Toda a frota deverá contar com o novo modelo de identificação até 2023

Os órgãos e entidades executivas de trânsito dos Estados e do Distrito Federal deverão realizar emplacamento de veículos novos com placas no padrão Mercosul a partir de 1º de setembro deste ano.

Regra também valerá para veículos em processo de transferência de município ou de propriedade ou quando houver necessidade de substituição das placas.

Toda a frota deverá contar com o novo modelo de identificação até 2023, segundo uma resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada no dia 8/3, no Diário Oficial da União. Texto regulamenta a adoção da nova placa veicular no Brasil com a implementação de um chip de identificação.

Esses chips serão produzidos pela Casa da Moeda e compartilharão os dados com outros órgãos, permitindo integração com as polícias e com a Receita Federal e as receitas estaduais. Além disso, os chips também proporcionarão acesso a sistemas de portões e cancelas, permitindo liberação automatizada em pedágios e estacionamentos.

 

COMMENTS