Número de empresas do TRC cai 29% de 2015 para 2016

Segundo estudo da CNT, quantidade encolheu de 156.765 para 111.743

Pesquisa CNT de Rodovias 2013 indica falhas em 63,8% das vias avaliadas
Os melhores trechos rodoviários do Brasil
Presidente da CNT defende reajuste do diesel a cada 90 dias

empresas-trc

Por meio de um estudo divulgado na semana passada, a Confederação Nacional do Transporte (CNT) aponta que, de 2015 para 2016, o número de empresas de transporte rodoviário de carga caiu de 156.765 para 111.743, redução de 29%. A de caminhoneiros autônomos despencaram de 723.807 para 553.643 no ano passado. A categoria observou um considerável encolhimento de 23%. Além disso, o número de cooperativas baixou de 329 para 274 (-17%).

Apesar dos números divulgados, para o diretor executivo da CNT, Bruno Batista, não dá para afirmar com exatidão que 29% das transportadoras e 17% das cooperativas fecharam, nem que 23% dos caminhoneiros autônomos deixaram a profissão de 2015 para 2016. Ele ressalta que a entidade utiliza os números das Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que recentemente atualizou o Registro Nacional do Transportador Rodoviário de Carga (RNTRC).

“Sabemos que o PIB (Produto Interno Bruto) do setor caiu 7,1%, mais que o dobro do PIB nacional (-3,2%). Isso nos faz crer que muitas empresas fecharam. Mas, parte da queda se refere à limpeza do RNTRC. Tinha muito cadastro antigo que não estava correto”, ressalta.

COMMENTS