Venda de veículos cai 5,1% em janeiro no Brasil

Número divulgado pela Fenabrave compara com o primeiro mês de 2016

Renault cresce quase 50% somente em janeiro
Mais de 16 mil unidades do Fiat 500 devem passar por recall
Frota brasileira de veículos poderá crescer 140% em 20 anos

vendas-industria-automobilistica

Segundo os dados divulgados na quarta-feira (1/2) pela (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) Fenabrave, as vendas de veículos começaram 2017 caindo 5,1% em janeiro na comparação com mesmo mês do ano passado. Foram 147,2 mil emplacamentos contra os 155,2 mil de 2016, entre leves e pesados.

“As promoções de fim de ano e o 13º salário, geralmente, atraem o público para adquirir um veículo, como o automóvel, por exemplo. Já o início de ano é marcado por muitos compromissos financeiros para as famílias, como IPVA, matrícula e material escolar, entre outros. Com isso, o consumidor se retrai para fazer novos investimentos no primeiro mês”, diz o presidente da entidade, Alarico Assumpção Júnior.

O segmento de comerciais leves foi o único que apresentou crescimento, chegando a uma alta de 20,4% em janeiro sobre igual mês de 2016. Os licenciamentos passaram de 18,4 mil no ano passado para 22,1 mil em 2017.

As vendas de automóveis caíram 7,5% no comparativo entre janeiro de 2016 e 2017. Ao todo, foram 121,3 mil contra as 131,2 mil unidades registradas há um ano. A categoria leve terminou janeiro com queda de 4%.

No segmento dos pesados, o resultado foi ainda pior. As vendas de caminhões aprersentaram queda de 32,3% em janeiro sobre mesmo mês do ano passado, chegando a aproximadamente 2,9 mil unidades. Os ônibus tiveram queda de 43,6%, ao emplacar apenas 707 chassis. Isso resulta em um decréscimo de 34,8% no segmento de veículos pesados, registrando em janeiro 3,6 mil licenciamentos contra os 5,6 mil de um ano antes.

COMMENTS