Boeing apresenta jato 787-10

Nova aeronave conta com 68,2 metros de comprimento e capacidade média para 330 passageiros

Aeroporto de Belém (PA) recebe voo de cargueiro gigante Antonov
Panalpina fica em 1º lugar na lista de importadores em Viracopos (SP)
Panalpina transporta dois helicópteros por Viracopos (SP)

boeing-787

A Boeing apresentou na sexta-feira (17/2) o novo jato 787-10. Terceiro e último modelo programado da família Dreamliner, que já voa nas versões 787-8 e 787-9, é também o maior da série, com 68,2 metros de comprimento e capacidade média para 330 passageiros.

Considerado o substituto do 777-200ER, o 787-10  tem como concorrente direto o Airbus A350-900. De acordo com a tabela de preços da Boeing, o novo jato comercial é avaliado em US$ 306 milhões.

O 787-10 tem autonomia de voo de 11.910 km, e a velocidade máxima é 945 km/h. Segundo a fabricante, a aeronave pode ser até 25% mais eficiente em consumo de combustível, comparado a modelos de capacidades semelhantes da geração anterior.

O novo avião deve voar ainda neste ano, porém a estreia comercial está prevista para 2018. As empresas contempladas serão a Singapore e a United.

COMMENTS