Gol registra R$ 354,9 milhões de prejuízo líquido no 2º trimestre

Receita de passageiros caiu 13,4% entre abril e junho, ante igual período do ano passado

Terminal de carga aérea em Manaus ganha novo transelevador para segmento Linha Azul
Gol e Aerolíneas Argentinas assinam acordo de code-share
Embraer firma contrato com a Japan Airlines para um pedido firme de 15 E-Jets

gol-frota

A companhia aérea Gol registrou prejuízo líquido de R$ 354,9 milhões no segundo trimestre, no mesmo período do ano passado, o resultado negativo foi de R$ 145 milhões.

A receita de passageiros da Gol caiu 13,4% no segundo trimestre de 2015, ante igual período do ano passado e representou 86,7% da receita líquida total da empresa, de R$ 2,131 bilhões. Segunda a empresa, a queda se deve à menor atividade da economia e à consequente menor volume de passageiros corporativos.

A receita de passageiros internacional atingiu R$ 182,6 milhões entre abril e junho, equivalente a 8,6% da receita total da companhia.

A receita líquida de cargas e outros foi de R$ 284,3 milhões, representando 13,3% das receitas totais e um crescimento de 13,8% ante o segundo trimestre de 2014.

A demanda doméstica da Gol cresceu 10,7% no mês de julho em comparação com igual mês do ano passado, levando a taxa de ocupação da empresa para o nível recorde de 84,3%, o que representa uma evolução de 4,4 pontos porcentuais quando comparada a julho de 2014.

Em julho, a Gol atingiu o total de 3,7 milhões de passageiros transportados, um aumento de 6,9% em relação a julho de 2014. No acumulado do ano e nos últimos 12 meses foram transportados 23,2 milhões e 40,4 milhões de passageiros, 3,1% e 5,3% acima comparados ao mesmo período de 2014.

COMMENTS