Terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos (SP) receberá R$ 45 milhões para melhoria de infraestrutura

Quantia será destinada à aquisição de novos equipamentos para as operações, modernização de armazéns, aumento da área de carga climatizada, entre outras obras

Embraer anuncia Air Hamburg como cliente-lançador do novo Legacy 650E
Demanda doméstica na aviação sobe 1,6% em junho
ANAC realiza fiscalização em 31 aeroportos brasileiros

 

aeroporto-de-guarulhos-esta

A GRU Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), anunciou durante a feira Intermodal South America seu plano de investimentos para o TECA (Terminal de Cargas) da unidade.

Ao longo deste ano, o TECA deverá receber R$ 45 milhões em investimentos, sendo que R$ 25 milhões serão utilizados para a melhoria dos armazéns, aumento da área de carga climatizada e compra de novos equipamentos para as operações. Cerca de R$ 10 milhões serão destinados às obras de reforma do edifício da empresa, que conta com 60 escritórios de empresas aéreas, despachantes e agentes. Para a modernização dos sistemas operacionais e de serviços serão viabilizados mais R$ 10 milhões.

Atualmente, 42 companhias aéreas operam no Termi nal de Cargas de Cumbica, e deste número, 10 são brasileiras e as outras 32 são internacionais. Os setores farmacêutico, automotivo, eletroeletrônico e o aeronáutico são os mais expressivos em movimentação.

O segmento de cargas do aeroporto representa 34% da receita geral da unidade de Guarulhos. Já em relação à movimentação total nacional no modal aéreo, o TECA soma 32% de participação.

“Nossos pontos fortes são a localização estratégica do aeroporto, considerando a força econômica de São Paulo e a sua posição como maio r centro distribuidor de mercadorias do País, e a conectividade dos voos das companhias aéreas que aqui operam”, comenta Marcus Santarém, diretor de operações de cargas do CRU Airport.

COMMENTS