Tráfego em faixas exclusivas de ônibus no Brasil passa a ser infração gravíssima

Quem dirigir em corredores de transporte coletivo, nos horários proibidos, pode ter o veículo apreendido, além de perder sete pontos na CNH e pagar multa de R$ 574

Anel Viário de Cubatão (SP) é aberto para tráfego
Rodovia dos Imigrantes (SP-160) recebe 5ª e 6ª faixa sentido capital
Ônibus de São Paulo poderão ser equipados com 300 câmeras para multar veículos

dest-faixa-exclusiva-onibusApós a presidente Dilma Rousseff sancionar alterações no CTB (Código Brasileiro de Trânsito), a partir desta sexta-feira (31/7) será classificado como infração gravíssima o tráfego em faixas exclusivas de ônibus em todo o território nacional. A mudança no artigo 184 foi publicada no Diário Oficial da União.

Agora, quem estiver dirigindo em corredores de transporte coletivo, nos horários proibidos, pode ter o veículo apreendido, além de perder sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e pagar multa de R$ 574.

As multas por invasão às faixas exclusivas cresceram mais de 60% em São Paulo de janeiro a maio deste ano, em comparação com o mesmo período de 2014.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), nos cinco primeiros meses de 2015, foram aplicadas 702.540 multas contra 434.415 infrações cometidas no ano anterior.

COMMENTS