Porto de Paranaguá (PR) adquire novo scanner de cargas

Processo com novo equipamento triplica a segurança aduaneira nas fiscalizações, e a operação dura menos de um minuto

Diesel aumenta 10 centavos nas refinarias
Em 2011, PSA Peugeot Citroën bate recorde de vendas na América Latina
Scania inaugura nova concessionária em Montes Claros (MG)

paranagua-raiox-caminhao

Um novo scanner de cargas já está operando no cais do Porto de Paranaguá (PR). O equipamento, que é fruto de um investimento de R$ 15,7 milhões, funciona como uma máquina de raio-X que faz a varredura completa nos contêineres que passam pelo porto paranaense.

Segundo dados da Receita Federal, o processo triplica a segurança aduaneira nas fiscalizações, e a operação dura menos de um minuto.

As imagens obtidas são enviadas diretamente para o sistema da Receita Federal, que cruza, em tempo real, a imagem captada com os dados descritos na nota fiscal. O scanner também é capaz de detectar qualquer tipo de substância ilícita ou contrabandeada, como produtos químicos e armas.

“Com a nova fiscalização, vamos liberar os contêineres com total segurança e em menos tempo, barateando a logística dos clientes que operam por Paranaguá”, afirma o diretor-presidente da Appa (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), Luiz Henrique Dividino.

COMMENTS