Total Express investe R$ 3 milhões para atender demanda das entregas da Black Friday e Natal

Total Express investe R$ 3 milhões para atender demanda das entregas da Black Friday e Natal

Entre sexta (29/11) e segunda-feira (2/12), empresa teve um acréscimo de mais de 50% em relação a um fim de semana típico

Carro zero só poderá ter novo modelo após um ano
Caminhão permanecerá isento de IPI até o fim de 2013
Correios criam taxa de R$ 12 para a retirada de produtos importados

total-express-expansao

Segundo a consultoria E-Bit, a Black Friday que ocorreu na última sexta-feira (29/11) movimentou R$ 770 milhões no setor de e-commerce.

Nos bastidores, as empresas responsáveis pela entrega dos produtos chegaram a investir somente para as operações desta data. A Total Express, por exemplo, investiu R$ 3 milhões para reforçar o sistema de transporte e operacional.

“Aprendemos muito com a Black Friday do ano passado e estávamos plenamente preparados para possíveis surpresas que pudessem aparecer nesta edição. O resultado foi o sucesso total das entregas”, diz Vito Chiarella, CEO da Total Express. “Um exemplo foi o uso de caminhão reserva que estava disponível em uma de nossas unidades para transferir as encomendas de um grande cliente”.

Para escoar as compras da Black Friday, no sábado e domingo a empresa colocou em prática o plano de ação e conseguiu entregá-las antes do prazo máximo informado aos clientes pelos sites. Entre sexta (29/11) e segunda-feira (2/12), a empresa teve um acréscimo de mais de 50% em relação a um fim de semana normal.

“O desafio da Black Friday é a imprevisibilidade das compras, pois não temos como prever o volume de vendas de cada cliente. Houve casos em que as entregas aumentaram 150% em relação a dias normais. Exatamente por isso planejamos cada detalhe, entre eles, deixar caminhões em espera caso tivéssemos de enfrentar, por exemplo, problemas de aviões cheios”, explica o CEO da Total Express.

COMMENTS