Carro zero só poderá ter novo modelo após um ano

Alteração na discriminação do modelo só poderá ocorrer se houver mudanças significativas no projeto do veículo e com prazo mínimo de um ano para resguardar a valorização do bem de consumo

Roubos e furtos de veículos aumentam mais de 17%, em um ano
Mercado de veículos em agosto obtém o pior resultado para um mês desde 2009
IPVA Paraíba 2014

As montadoras serão proibidas de modificar a técnica, a estética ou a mecânica de automóveis e motocicletas em período inferior a um ano, é o que prevê o projeto de lei, analisado na Câmara dos Deputados, de autoria do deputado Washington Reis (PMDB-RJ).

A medida determina que o ano-modelo somente poderá ser alterado mediante relevante inovação técnica, estética ou mecânica no automóvel ou motocicleta, acabando com o famoso ano 2012 modelo 2013, em veículos fabricados neste ano por exemplo.

“Um grande número de consumidores vem sofrendo consideráveis prejuízos causados pela propaganda enganosa praticada pela indústria automobilística em relação à inovação dos modelos dos veículos. O engano consiste, principalmente, em anunciar um modelo novo sem que tenha havido modificações de tecnologia ou de estilo suficientes para justificar uma diferenciação de modelo”, afirma o parlamentar.

De acordo com o deputado, outra prática que prejudica o consumidor é o lançamento de um modelo novo de veículo apenas alguns meses após o lançamento do modelo anterior, desvalorizando-o e causando prejuízo financeiro ao consumidor.

COMMENTS