Elog assume cadeia logística da Einhell

Operadora assume operações da fabricante de ferramentas elétricas desde o desembaraço de cargas até envio ao cliente final

Porto Seco de Uruguaiana (RS) bate novo recorde de movimentação
Porto Seco de Foz do Iguaçu (PR) investe em câmara fria
Elog comemora ganhos de eficiência com reestruturação

elog-porto-seco

A empresa Elog anunciou recentemente que assumiu as operações da cadeia logística da multinacional fabricante de máquinas e ferramentas elétricas Einhell.

Com isso, a companhia passou a comandar o procedimento desde o desembaraço de cargas no Ecoporto – empresa de operação portuária do grupo EcoRodovias –, seguindo para um dos portos secos da Elog, quando é feita a nacionalização da carga quando necessário. Na sequência, o destino são os centros de distribuição, e, por fim, a carga é transportada até o cliente final da Einhell.

O modelo de operações foi desenhado com base nas necessidades da multinacional, que recebe grande parte dos produtos da China por via marítima.

“Anteriormente, precisávamos contatar duas, três ou mais pessoas até descobrir de onde vinha o problema logístico de nossas cargas, para depois resolvermos. Com a nova prestação de serviço, quando há dúvidas, já sabemos aonde ir, diz o gerente administrativo e operacional, David Marcel Levy.

Além disso, Marcel destaca também que outro problema que a empresa enfrentava anteriormente era o uso de 12 transportadores para realizar a Gestão do Transporte, além de não utilizar os serviços do porto seco. “Tínhamos um gasto muito maior com a carga nacionalizada de imediato”, explica o gerente.

COMMENTS