Ford Caminhões entra de vez para o mercado de extrapesados

Ford Caminhões entra de vez para o mercado de extrapesados

Nova família Cargo Extrapesado foi apresentada no Chile e traz para o mercado brasileiro dois novos produtos com potência de 420 cavalos. Motorização FPT de 10,3 litros, preço competitivo e novo design são os atrativos dos novos caminhões

Santos Brasil investe R$ 6 milhões em novo centro de distribuição em São Paulo (SP)
TNT Express firma contrato de dois anos com empresa de moda holandesa
Ford Caminhões inaugura concessionária em Roraima
Lançamento no deserto do Atacama, no Chile, foi marcado pelas condições severas para o caminhão

Lançamento no deserto do Atacama, no Chile, foi marcado pelas condições severas para o caminhão

A Ford Caminhões quer aumentar sua fatia de participação no mercado brasileiro e, para isso, acaba de se tornar mais um player full-liner no País, oferecendo uma gama de veículos comerciais a partir dos leves, abaixo de 8 toneladas, até os extrapesados, de 56 toneladas.

O lançamento da nova família Ford Cargo Extrapesado, realizado no deserto do Atacama, região Norte do Chile, marca uma estratégia agressiva da montadora no mercado de caminhões. Os novos modelos, Cargo 2042, versão 4×2 com PBT de 49 toneladas, e 2842, cavalo 6×2 com peso bruto total de 56 toneladas, trazem engenharia global, com participação brasileira, do estúdio da Ford em Camaçari (BA), e diversas novidades que poderão atrair os clientes desta categoria.

Motor FPT de 10,3 litros

Propulsor FPT é um dos destaque do caminhão

Propulsor FPT é um dos destaque do caminhão

Os caminhões são equipados com motor FPT de 10,3 litros, opção nova de motorização para os caminhões da marca. “No Brasil, temos um parceiro tradicional para o fornecimento dos motores, e este modelo de 10,3 litros da FPT foi uma escolha que teve base na melhor relação entre entrega de potência e consumo de combustível”, explicam os engenheiros da montadora.

O propulsor FPT, que desenvolve até 420 cavalos de potência com tamanho menor que o da concorrência, promete ser um dos grandes atrativos dos caminhões, que entregam alta potência mesmo com o tamanho reduzido, o que proporciona boa economia de combustível, atendendo às normas do Euro 5 por meio da tecnologia SCR, que utiliza o agente redutor Arla 32.

O trem de força é completado pela transmissão ZF automatizada de 12 velocidades ASTronic. Outros itens são os freios ABS com EBD nas duas versões e, nos modelos 2842, o controle eletrônico de estabilidade (ESP). Os novos modelos são indicados, segundo a fabricante, para aplicações rodoviárias mais severas, como o reboque de composições com três eixos e três eixos espaçados (Vanderléa), em diversos tipos de cargas.

Os caminhões estão disponíveis em seis cores, com itens de série como ar-condicionado e vidros elétricos, suspensão de cabine com quatro pontos e apoio e outros itens de conforto para o motorista. Além disso, trazem dois tanques de diesel, com 325 litros cada, e tanque de Arla 32 de 80 litros. Os eixos traseiros são Meritor, com redução simples e duas relações de eixo. O trem de força tem garantia promocional de lançamento de 3 anos e a Ford promete intervalo de manutenção de 40 mil km. Os Cargo Extrapesados estão sendo produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Preço competitivo

Outro atrativo da nova linha de caminhões da Ford é o preço: R$ 260.900 para o modelo de entrada, o cavalo 4×2 Cargo 2042, e R$ 294.900 para o caminhão com tração 6×2, o Cargo 2842. A precificação do produto demonstra a busca da Ford por competitividade no mercado, atrás de uma boa fatia do faturamento no segmento de extrapesados, que em 2012 chegou a R$ 10,8 bilhões.

“Somos a primeira montadora a ser instalada no Brasil e nossa produção no País começou com veículos comerciais. Os novos Cargo extrapesados são produtos que honram essa tradição e mostram o nosso compromisso de investir e inovar nesse segmento. O lançamento deste caminhões faz parte do plano de investimentos de R$ 670 milhões desde 2009, que ampliou nossa participação no mercado com 15 novos produtos lançados desde então”, diz Steven Armstrong, presidente da Ford Brasil.

Desenvolvimento

Modelo foi testado em oito países, em condições extremas, com mais de 1 milhão de quilômetros rodados

Modelo foi testado em oito países, em condições extremas, com mais de 1 milhão de quilômetros rodados

Considerado o primeiro caminhão global da Ford, o Cargo Extrapesado teve seu desenvolvimento liderado pelas equipes de engenharia do Brasil e da Turquia, utilizando a tecnologia e os recursos de outras regiões. O projeto demandou mais de 1 milhão de quilômetros de testes no campo de provas da Ford em Tatuí (SP), e em outros sete países: Turquia, Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra, Suécia e Arábia Saudita.

Rede e atendimento

A Ford conta com uma rede de 140 concessionários em todos os Estados brasileiros e promete, com este forte estrutura, dar aos clientes do Extrapesado o respaldo necessário para suas operações. Para o novo diretor de Operações da Ford Caminhões para a América do Sul, Guy Rodriguez, o lançamento dos extrapesados são um marco para a montadora, que elegeu 2013 como o ano dos caminhões. “O Cargo Extrapesado é um caminhão que entrega robustez e desempenho com economia e rentabilidade, variáveis essenciais na equação dos custos de todo transportador do segmento de cargas”, diz Guy.

Os Ford Cargo Extrapesados 2042 e 2842 estão aptos para o Finame, com índice de nacionalização de 65%.

O editor do Portal Transporta Brasil viajou ao Chile a convite da Ford.

COMMENTS