Trecho de 28 quilômetros da PR-092 será duplicado

Parte da rodovia que passará por obras liga Curitiba, Almirante Tamandaré, Itaperuçu e Rio Branco do Sul; trabalhos devem começar até maio de 2014

Governo de SP anuncia duplicação da Raposo Tavares entre Rancharia e Regente Feijó
PR-092 receberá obras de duplicação em 28,7 quilômetros
Parceria público-privada investirá R$ 524 milhões em obras na MG-050

pr-092 bocaiva

O Governo do Estado do Paraná fechou uma parceria com o Grupo Votorantim, que viabiliza a duplicação do trecho da PR-092 que liga Curitiba, Almirante Tamandaré, Itaperuçu e Rio Branco do Sul. O protocolo de intenções para a realização da obra foi assinado nesta segunda-feira (29/7).

A previsão de investimento é de R$ 181 milhões na duplicação de 28,7 quilômetros na PR-092. Pelo acordo, os recursos que a empresa irá investir serão descontados do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias, Bens e Serviço) que a indústria teria que recolher ao Estado. É a chamada operação de crédito outorgado.

“Estamos realizando um sonho antigo dos moradores das cidades que receberão as obras. O contrato com a Votorantim é uma demonstração de confiança da empresa no Estado, porque agora há segurança jurídica no Paraná”, disse o governador Beto Richa.

Segundo ele, além da Rodovia dos Minérios, como é conhecida a PR-92, outras duplicações de vias importantes entre a capital e cidade vizinhas também estão asseguradas, como é o caso da Rodovia da Uva (Colombo) e PR-415 (Pinhais e Piraquara).

“Essa mesma obra demoraria muito mais se fosse realizada pelo poder público”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes.
Com o convênio, a empresa começa em agosto o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental e também de elaboração do projeto executivo, que permitirá o início da duplicação até maio de 2014.

A obra de duplicação vai começar no fim da Avenida Mateus Leme, em Curitiba, e seguirá até a Estrada dos Romeiros, em Itaperuçu. Serão duplicados três quilômetros da rodovia dentro de capital e 19,7 quilômetros do traçado que passa por Almirante Tamandaré e Itaperuçu.

Além disso, a duplicação abrange 4,2 quilômetros da Estrada dos Romeiros, e mais 1,5 quilômetro de um trecho de contorno, em Itaperuçu, além do acesso ao pátio da Votorantim. A obra chegará à entrada de Rio Branco do Sul, até o cruzamento ferroviário.

COMMENTS