Mesmo após privatização, Governo vai gastar R$ 55 milhões na Rodovia dos imigrantes (SP)

Trecho que corta o município de Cubatão, no litoral paulista, foi excluído do contrato de concessão firmado com a Ecovias e vai consumir a verba pública para poder atender à demanda dos usuários da rodovia

DER anuncia obra em 34 quilômetros da SP-095
DER inaugura novo trecho da AL-480, no município de Jundiá
Rodovias de Minas Gerais recebem mais 26 radares

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, publicou um aviso de licitação para contratação de empresa que executará obras e serviços de ampliação da pista sul da Rodovia dos Imigrantes (SP-160), no município de Cubatão (SP).

A rodovia, concedida à Ecovias, que cobra a maior tarifa de pedágio do País (R$ 21,20), receberá obras de ampliação do km 62, ao km 65,5, incluindo construção de nova ponte sobre o Canal dos Barreiros, com calçada para pedestre, ao lado da ponte já existente.

As obras serão realizadas pelo Governo do Estado com investimento de R$ 55,45 milhões. O prazo de execução dos serviços, após assinatura do contrato, é de 18 meses.

Procurado pela reportagem do Portal Transporte Brasil, o DER informou que as obras serão efetuadas pelo poder público, pois, na época de formulação do contrato de concessão, não foi constatada a necessidade da duplicação do trecho, que atualmente é de pista simples, por isso não consta na relação de obras sob responsabilidade da Ecovias.

COMMENTS