Superporto do Açu recebe licença para instalação de unidade logística de óleo e gás

Superterminal portuário que está sendo construído pela LLX Logística, do grupo de Eike Batista, receberá unidade de apoio logístico e serviços especializados da InterMoor

Acompanhe os principais movimentos do mercado financeiro aqui no Portal Transporta Brasil
ID Logistics abre capital na bolsa francesa
Allison Transmission realiza oferta pública de ações

O Superporto do Açu, considerado um dos maiores investimentos em infraestrutura portuária do continente e que tem sua construção sob a responsabilidade da LLX Logística S.A. (Bovespa LLXL3), recebeu esta semana autorização do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) para instalação de uma unidade de apoio logístico e de serviços especializados.

A unidade é de propriedade da parceira InterMoor e ficará localizada na margem direita do canal, ocupando uma área total de 52.302 m2. A InterMoor do Brasil irá fornecer um conjunto de serviços para atender às necessidades específicas de seus clientes, entre eles Petrobras, Shell e OGX, assim como todas as demais grandes companhias de petróleo que operam no Brasil.

“A concessão de mais uma licença de instalação no TX2 é um importante marco na proeminente consolidação do Superporto do Açu como base para a cadeia do óleo e gás no Brasil e evidencia as vantagens oferecidas pelo terminal onshore para as empresas que prestam serviços para a indústria de petróleo e gás. Com inicio de suas operações previsto para este ano, o Superporto do Açu se qualifica como o hub brasileiro para o setor de O&G e como excelente alternativa para a instalação de empresas que operam no Brasil neste setor”, comentou Marcus Berto, Diretor Presidente da LLX.

COMMENTS