Grupo Zatix tem novo presidente e planeja retomada do crescimento

Novo presidente planeja série de lançamentos, visando aumentar as vendas em 30% e consolidar a geração de caixa em 2013

Fabricantes de autopeças sinalizam retomada de crescimento
Produção da Librelato cresce 40% após investimentos nas unidades
ID Logistics cresce 21% nas operações globais

O grupo Zatix, resultado da associação das empresas de rastreamento Omnilink, Graber e Teletrim, anunciou Cileneu Nunes, que desde o início de 2012 respondia pela diretoria de tecnologia da companhia, como novo presidente.

Ao anunciar o nome de Nunes, acionista da Zatix e um dos fundadores da Omnilink, para assumir a presidência a partir de 2013, a companhia encerra um ciclo de gestões comandadas por administradores profissionais, contratados para liderar o processo de fusão de várias empresas com suas respectivas heranças culturais, linhas de produtos e diferentes perfis de usuários.

“Além de harmonizar a integração das três associadas, era preciso gerenciar várias outras aquisições, como as da Rodosis, CData e Control Loc, feitas pela Omnilinkpouco antes da criação da Zatix, ou mesmo as da Control Sat e da carteira de clientes da Prisma Sat, adquiridas posteriormente pela própria Zatix”, observa Nunes.

A seu ver, a dificuldade de administrar a integração de várias companhias, em curto espaço de tempo, retardou o plano inicial de crescimento da Zatix, retomado no final de 2011, sob a gestão de Guilherme Tatini, que agora passa a integrar o Conselho de Administração da Zatix.

Como presidente da empresa, Nunes afirmou que pretende retomar o processo de crescimento e de consolidação da Zatix. “Já em 2013, pretendemos fazer uma série de lançamentos com forte grau de inovação, continuar o aperfeiçoamento dos serviços e aumentar as vendas em 30%, além de consolidar a trajetória de geração de caixa positiva dos últimos anos”, completa.

Cileneu Nunes é engenheiro eletrônico formado pela Escola Politécnica da USP e administrador de empresas formado pela Faculdade de Economia e Administração da USP.

COMMENTS