HTS Brasil vai instalar sistemas de OCR em gates do Porto de Santos (SP)

Empresa israelense vai implementar o sistema que permite a identificação de caminhões, trens e contêineres automaticamente e sem necessidade de intervenção humana em 22 pórticos do terminal TECONDI

DHL inaugura centro de distribuição para mercado automotivo em São Paulo
C&A renova contrato com a Kuehne + Nagel
Hamburg Süd transportou mais de 3 milhões de TEUs no ano passado

A HTS Brasil foi selecionada pelo terminal de contêineres TECONDI, no Porto de Santos, para implementar a automatização de 22 gates por meio do sistema de OCR (Optical Character Recognition). Serão 20 pórticos de reconhecimento de caminhões e dois para trens que passarão a ser monitorados em tempo real sem intervenção humana.

“Apresentamos para o TECONDI um sistema que reconhece a placa do caminhão, o número do contêiner e, em seguida, transmite a informação. O sistema oferece imagens e vídeos para inspeção de danos”, disse Maxwell Rodrigues, vice-presidente da HTS Brasil. Segundo ele, a tecnologia aumenta a assertividade e otimiza a operação, reduzindo o tempo e intervenção humana. O sistema é capaz de detectar, por exemplo, um contêiner avariado e apontar a necessidade de inspeção daquele, por exceção, e não necessariamente todo o contêiner que chega ao terminal.

A identificação no novo sistema é feita durante a entrada do caminhão, em movimento, com base em um conjunto de sensores. A iluminação é operada automaticamente e várias fotos são tiradas por diferentes câmeras. Um gate de teste foi implantado no TECONDI no fim do ano passado para apresentar e testar o sistema.

O TECONDI que hoje tem um market share de 17% da movimentação de contêineres no porto de Santos e tem planos de expansão com a aquisição pelo grupo Ecorodovias.

COMMENTS