HTS Brasil vai instalar sistemas de OCR em gates do Porto de Santos (SP)

Empresa israelense vai implementar o sistema que permite a identificação de caminhões, trens e contêineres automaticamente e sem necessidade de intervenção humana em 22 pórticos do terminal TECONDI

UPS anuncia plano de expansão com novas instalações no Estado de São Paulo
Elog assume cadeia logística da Einhell
JadLog quer dobrar área de operações com nova sede e terminal de cargas

A HTS Brasil foi selecionada pelo terminal de contêineres TECONDI, no Porto de Santos, para implementar a automatização de 22 gates por meio do sistema de OCR (Optical Character Recognition). Serão 20 pórticos de reconhecimento de caminhões e dois para trens que passarão a ser monitorados em tempo real sem intervenção humana.

“Apresentamos para o TECONDI um sistema que reconhece a placa do caminhão, o número do contêiner e, em seguida, transmite a informação. O sistema oferece imagens e vídeos para inspeção de danos”, disse Maxwell Rodrigues, vice-presidente da HTS Brasil. Segundo ele, a tecnologia aumenta a assertividade e otimiza a operação, reduzindo o tempo e intervenção humana. O sistema é capaz de detectar, por exemplo, um contêiner avariado e apontar a necessidade de inspeção daquele, por exceção, e não necessariamente todo o contêiner que chega ao terminal.

A identificação no novo sistema é feita durante a entrada do caminhão, em movimento, com base em um conjunto de sensores. A iluminação é operada automaticamente e várias fotos são tiradas por diferentes câmeras. Um gate de teste foi implantado no TECONDI no fim do ano passado para apresentar e testar o sistema.

O TECONDI que hoje tem um market share de 17% da movimentação de contêineres no porto de Santos e tem planos de expansão com a aquisição pelo grupo Ecorodovias.

COMMENTS