Transportadoras argentinas paralisam atividades nos portos de Rosario

Empresas reivindicam uma tarifa mínima de transporte de cargas

Iveco levanta o caneco 9 vezes na Argentina
PSA Peugeot Citröen é líder de produção na Argentina
Porto de Santos (SP) recebe primeiro porta-contêiner de 7,1 mil TEUs da Hamburg Süd
As transportadoras argentinas que estão paralisadas há cerca de uma semana, bloquearam, na segunda-feira (31), os acessos aos portos da região de Rosario, um dos principais terminais de grãos do mundo. Segundo informantes, há mais de 85 piquetes nas rotas até os terminais.

Os portos de San Lorenzo, San Martín e Timbúes, ao norte de Rosario, estão sem movimentação nenhuma de caminhões. A manifestação, no entanto, não impede os embarques em portos locais, que contam com reservas para manter momentaneamente o fluxo de exportações.

O protesto é contra o governo de Buenos Aires para a regulação de uma tarifa mínima de transporte de cargas.

COMMENTS