Gol inaugura seu primeiro sistema de entretenimento de bordo

Gol inaugura seu primeiro sistema de entretenimento de bordo

Testamos o Gol no Ar em uma rápida viagem ao Rio de Janeiro a bordo do novo 737-800 Sky Interior recém-chegado à companhia brasileira

Falta de planejamento em projetos na Bahia geram prejuízo de R$ 2 bi, diz TCU
Embraer projeta entrega de 700 jatos de até 130 lugares na América Latina em 20 anos
UPS equipa frota de 767 com dispositivo que reduz uso de combustível

A reportagem do Transporta Brasil testou o novo – e primeiro – sistema de entretenimento que a Gol começou a implementar em suas aeronaves no primeiro dia em que esteve aberto aos passageiros. O serviço Gol no Ar pode ser identificado já na porta da aeronave por meio de um adesivo fixado à fuselagem. No nosso caso o teste foi feito em uma viagem da ponte aérea, saindo de Congonhas, em São Paulo, e chegando ao Santos Dumont. A aeronave foi a de prefixo PR-GUH, um 737-800 Next Generation, Boeing Sky Interior recém-chegado à companhia brasileira.

A primeira impressão que se tem ao entrar na cabine é de um avião totalmente novo, com um aparente espaço interno mais amplo. A diferença já se nota na forração das poltronas, que apesar de não ter aparente diferença de espaço entre as filas, proporciona um pouco mais de conforto. Aqui cabe uma nota: espaço para este repórter em aviões nunca foi problema em função da estatura abaixo da média.

Enfim, alguns minutos após a decolagem, no momento em que o aviso de apertar cintos é apagado, a equipe da cabine informa que o sistema está disponível para uso por meio dos equipamentos pessoais dos passageiros.  Sejam eles netbooks, notebooks, tablets, e qualquer gadget que tenha conexão wi fi.

Com a iluminação azulada, vinda do novo interior da aeronave Sky Interior, acessei a rede de mesmo nome do sistema de entretenimento e acessei via programa no qual entro na internet. Na interface alaranjada desta verdadeira rede local da aeronave há diversas opções multimídia, desde leitura de notícias, boletim de rádio, conteúdo em vídeo, atualidades e 32 canais de rádio de ritmos variados, em que é possível elevar, não muito, o volume da música que está sendo executada.

O desempenho do sistema estava com uma ótima resposta, não havia nenhuma demora, daquelas típicas em que nos deparamos quando muitas pessoas acessam a web ao mesmo tempo. Foi uma boa surpresa essa nova aeronave da Gol se comparar à confusão e atrasos de uma experiência anterior com a mesma empresa. Em conversas sobre esse evento, sem dúvida houve uma grande melhora no nível do – caro – serviço que as aéreas cobram de seus passageiros.

Comparado ao sistema de entretenimento da TAM, minha opinião é de que a Gol ultrapassou sua concorrente, pelo menos nas aeronaves com a rede Gol no Ar, ainda mais porque prefiro utilizar meus aparelhos aos de uso comum.

COMMENTS