Toyota lança carregador para veículos elétricos e híbridos no Japão

Com vendas programadas para serem iniciadas na metade de 2012,equipamento poderá ser utilizado em modelos da marca e também de outros fabricantes

Comissão da Câmara dos Deputados aprova uso de biocombustíveis em aviões
Ford caminhões recebe prêmio de melhor fornecedor da Elektro em 2011
Honda inicia construção de parque eólico em Xangri-lá (RS)

Em parceria com a Toyota Media Service, a Toyota desenvolveu uma estação de recarga para veículos elétricos e híbridos plug-in. O G-Station, como é chamado o novo aparelho produzido no Japão, deve começar a ser vendido a partir de julho de 2012.

A estação de recarga possui 200V de potência e pode ser utilizada em veículos da Toyota e também de outras marcas. O equipamento permite que o smart-card instalado nesses automóveis seja identificado sem a necessidade de contato com o G-Station.

Mas a inovação não para por aí. Há a possibilidade de conectar a estação à internet, por meio do Toyota Smart Center – sistema elaborado pela empresa para reunir dados sobre o consumo de energia de cada condutor. Ele opera em uma nova plataforma global em nuvem desenvolvida juntamente com a Microsoft.

Os usuários da G-Station que utilizarem esse recurso, podem receber e-mails com informações sobre o término da recarga do veículo e consultar a localização e disponibilidade das estações. Os administradores das unidades de recarga, por sua vez, conseguem identificar os usuários da estação com o auxílio do smart-card e acessar os históricos de utilização do serviço, efetuar cobranças e até monitorar a estação à distância.

A Toyota Media Services, além de vender o G-Station para os concessionários em todo o território japonês,  também quer expandir as vendas para locais movimentados, como shoppings e restaurantes. São duas versões do produto: a padrão e a avançada. A unidade principal da versão A será comercializada a 280.000 ienes (cerca de R$ 5,9 mil) e a expectativa é de que sejam vendidas 3.000 unidades do G-Station até o final de 2012.

COMMENTS