Rapidão Cometa anuncia vencedores do Prêmio Profissional de Logística 2010

Operadora logística premiou nove profissionais da área de logística e supply chain, em cerimônia realizada em São Paulo

Golden Cargo patrocina evento do segmento agrícola
Universidade Corporativa da TA promove o 1º Painel Desafios do Transporte Aéreo Internacional no Brasil
Volvo divulga detalhes da nova geração de caminhões F Proconve P7/Euro 5

Com o objetivo de homenagear os profissionais da área de logística e supply chain do Brasil, a operadora logística Rapidão Cometa, em parceria com a empresa de rastreamento Autotrac, promoveram no último dia 18, em São Paulo, a cerimônia de premiação da segunda edição do Prêmio Profissional de Logística do Ano.

Mais de 300 candidatos foram avaliados por uma banca de profissionais experientes da área e pelos leitores da revista MundoLogística. Nove profissionais venceram o prêmio em três categorias diferentes.

Na categoria “Profissional de Logística e Supply Chain”, em que um profissional experiente apresenta uma solução, projeto ou operação em destaque, o vencedor foi Luís Eduardo C. Ribeiro, gerente de logística da BioMérieux Brasil. O administrador de empresas apresentou um projeto para elevar o nível de serviço aos clientes, reduzir o volume de perdas de produtos e vencidos e reduzir custos logísticos. Como resultado, a empresa obteve redução nas perdas logísticas com produtos vencidos de 29% em relação a 2009, e de 51% nas despesas com armazenagem na alfândega, além de 95,7% dos clientes satisfeitos com a performance logística.

O primeiro lugar na categoria “Profissional Revelação de Logística e Supply Chain”, para profissionais com até cinco anos de experiência, foi para o responsável pela coordenação tática de suprimentos da Mastertech/Endosul, Márcio Martins. O coordenador apresentou um Projeto de Global Sourcing como diferencial competitivo e estratégia de sobrevivência das empresas, por meio de uma abordagem sobre a reavaliação dos critérios e estratégias de desenvolvimento de alianças globais. A iniciativa obteve resultados como a redução de cerca de 58% no custo de aquisição.

O professor de curso superior e instrutor de logística no comando da aeronáutica, Luiz Antonio Tozi, venceu o prêmio na categoria “Pesquisador em Logística e Supply Chain”, por seu trabalho de identificação das principais dimensões que determinam a qualidade dos serviços oferecidos pelos Portos Secos, e, consequentemente, que mais influem na escolha dos clientes. Verificou-se que os três principais fatores são: atributos e instalações, acessibilidade, e eficiência do porto seco.

COMMENTS